Uma nova geração de plantações para a bioeconomia

Uma nova geração de plantações para a bioeconomia

A mudança para a bioeconomia oferece novas oportunidades para um modelo verdadeiramente sustentável de desenvolvimento rural, aumentando o valor gerado pela floresta e a agricultura.

New Generation Plantations (NGP) responde à necessidade de acelerar a transição do atual modelo económico insustentável para uma bioeconomia circular, promovendo o uso de madeira sustentável no lugar de materiais como cimento, aço, plásticos ou têxteis. Essa mudança pode desempenhar um papel vital na mitigação dos efeitos das alterações climáticas, contribuir para reverter a perda de biodiversidade e reduzir a poluição.

Esta mudança irá implicar também um aumento no consumo de madeira sustentável. Esse aumento será necessário mesmo que a humanidade faça todos os esforços para reduzir os padrões de consumo e passe a utilizar os recursos com mais eficiência, incluindo a reutilização e a reciclagem de madeira por meio de uma abordagem em cascata.

Uma parte da solução para sustentar o aumento da procura de madeira e produtos madeireiros será através de plantações. Hoje, as florestas plantadas cobrem apenas cerca de 7% da área florestal global, mas cobrem cerca de metade da procura global da madeira comercial. A importância das plantações irá aumentará nas próximas décadas, à medida que a procura por madeira – para bioenergia, construção, embalagem e muitos outros setores de uma bioeconomia de baixo carbono – crescer em todo o mundo.

Continue a ler este artigo no Observador.

Comente este artigo
Anterior O nome da terra
Próximo InovTechAgro - Inovação, mas não só! - Luís Alcino da Conceição

Artigos relacionados

Dossiers

Alltech desenvolve tecnologias para reduzir pegada ecológica das vacas leiteiras

Depois de o Parlamento Europeu ter aprovado em Novembro uma resolução onde declarou “a emergência climática e ambiental” na Europa, […]

Nacional

Symington no top 10 das marcas de vinho mais admiradas do Mundo

A Symington Family Estates, produtora de vinhos na Região Demarcada do Douro desde o século XIX, está no top 10 das Marcas de Vinho Mais […]

Sugeridas

Seca. CAP exige medidas para combater “muito dura realidade”

Consequências “são passíveis de ser minimizadas através de medidas específicas”, diz presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal. […]