Tecnologias Alltech certificadas por Carbon Trust ajudam a reduzir emissões de gases com efeito de estufa dos ruminantes

Tecnologias Alltech certificadas por Carbon Trust ajudam a reduzir emissões de gases com efeito de estufa dos ruminantes

[Fonte: Alltech] A Carbon Trust acaba de certificar duas tecnologias da Alltech pelo seu contributo para a redução das emissões de gases com efeito de estufa: o aditivo alimentar Mycosorb A+ e os equipamentos de alimentação automática (unifeeders) da marca KEENAN , ambos utilizados por produtores de bovinos em todo o mundo.

O Carbon Trust certificou o Mycosorb A+ considerando que este aditivo alimentar da Alltech quando integrado na dieta dos bovinos de leite reduz o impacto das micotoxinas, contribuindo para otimizar o desempenho do sistema digestivo dos animais, através da melhor absorção dos nutrientes e da matéria seca, o que se reflete em maior produtividade de leite por animal. Este efeito positivo conduz indiretamente a uma redução das emissões de metano pelos ruminantes.

O Mycosorb A +, cujo principal componente é a levedura Saccharomyces Cerevisiae, foi concebido pela Alltech para reduzir a absorção de micotoxinas pelos ruminantes. As micotoxinas são compostos tóxicos produzidos por fungos que se desenvolvem nos silos de forragem e nos cereais, em condições de humidade e na presença de oxigénio, e constituem um risco para a saúde dos animais, e mais importante, para a saúde humana.

«A certificação do Carbon Trust reconhece o esforço contínuo da Alltech em ajudar as explorações agropecuárias a melhorar a produtividade e simultaneamente reduzir o impacto ambiental», afirma Nick Adams, responsável global da Alltech na área de gestão de micotoxinas.

Os equipamentos de alimentação automática (unifeeders) da marca KEENAN também receberam a certificação “Carbon Trust” como tecnologia sustentável que comprovadamente ajuda a reduzir as emissões de metano nas explorações agropecuárias. Os unifeeders KEENAN, marca irlandesa adquirida pela Alltech em 2016, produzem uma mistura homogénea única que otimiza a saúde do rúmen dos ruminantes e garante um desempenho consistente dos animais.

O Carbon Trust constatou que a máquina KEENAN aumenta a eficiência ruminal dos bovinos ao fornecer-lhes rações mais facilmente digeríveis, pois assim os ruminantes despendem e produzem menos energia no processo de ingestão e digestão.

O relatório do Carbon Trust considera que o alimentar automático KEENAN, ao contribuir para melhorar a eficiência da conversão da ração em carne e/ou leite pelos ruminantes, tem um efeito indireto na redução da produção de metano. A KEENAN estima que os bovinos alimentados com o seu unifeeder e o controlador da marca podem emitir menos 25% de metano do que os alimentados com métodos convencionais.

«A cadeia de fornecimento de alimentos para animais enfrenta crescentes pressões para reduzir as emissões de metano e dióxido de carbono. Como a preocupação com os recursos finitos do nosso planeta aumenta, temos a responsabilidade de ser proativos na busca de soluções e parcerias que possam aliviar a pressão ambiental e colocar a sustentabilidade no topo das prioridades dos produtores de carne e leite», afirma Matt Higgins, diretor-geral da KEENAN.

Há alguns meses, dois outros produtos da gama Alltech também receberam a certificação “Carbon Trust” – o aditivo alimentar Optigen e a cultura de leveduras Yea-Sacc, ambos usados em dietas de ruminantes – por contribuírem para a redução da excreção de azoto pelos animais.

A Carbon Trust é uma consultora internacional que aconselha empresas, governos e instituições sobre as melhores formas de reduzir as emissões de carbono e que certifica produtos e serviços na componente ambiental.

A Alltech está desde a sua génese empenhada em contribuir para a sustentabilidade do Planeta e lançou durante o passado mês de Maio o compromisso “Planet of Plenty”, segundo o qual defende e pratica a máxima de que existe um novo mundo de possibilidades, onde cada um de nós pode causar impacto positivo no Planeta que é de todos.

«Com a adoção de novas tecnologias e práticas de gestão e, acima de tudo, com o engenho humano, acreditamos que um Planeta de Abundância (Planet of Plenty) é possível», diz Mark Lyons, presidente e diretor executivo da Alltech.

Comente este artigo
Anterior Sessão de Encerramento projeto Transfer2agro
Próximo Governo disponibiliza 3 M€ em apoios para agricultores afetados pela seca

Artigos relacionados

Últimas

Vinhos do Tejo com bons indicadores de vendas no primeiro trimestre de 2021

A Comissão Vitivinícola Regional do Tejo (CVR Tejo) tem vindo a dar nota dos números no que toca à de certificação dos Vinhos do Tejo. A performance tem superado todas as expectativas de […]

Últimas

Requerimento para exclusão de enquadramento no regime dos trabalhadores independentes

Os agricultores e os titulares de direitos sobre explorações agrícolas ou equiparadas cujos produtos se destinem a consumo próprio e familiar que pretendam apresentar o […]

Sugeridas

COVID-19: Produção de álcool prioritária para fins hospitalares e farmacêuticos

Devido aos efeitos da pandemia do Covid-19 na saúde pública, a Ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, declarou como prioritários os […]