Tecnologia portuguesa quer prever pragas e doenças na vinha

Tecnologia portuguesa quer prever pragas e doenças na vinha

[Fonte: Vida Rural]

A empresa nacional Signinum Inovação criou uma tecnologia multiespectral que permite controlar pragas e antever doenças nas vinhas. De acordo com a empresa, que já recebeu mais de 2,5 milhões de euros de financiamento, trata-se de uma solução de “imagem espectral não-destrutiva e que pode ser utilizada em diferentes amostras, desde plantas de reduzida dimensão até áreas de cultivo extensas”.

A solução acaba de ganhar mais um projeto do Portugal 2020, com a atribuição de 800 mil euros para investir na tecnologia que permite controlar pragas e antever doenças nas vinhas.

“A utilização desta tecnologia permite, em tempo real, controlar e antever problemas como carências nutricionais, pragas, doenças e stress hídrico das culturas”, diz ainda a empresa. A startup está incubada na UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto e está agora a trabalhar com produtores de Vinho Verde para testar a tecnologia.

“Com esta solução, os produtores conseguem monitorizar a cultura da vinha em tempo real e tomar decisões fundamentas. Para nós, trabalhar diretamente com os produtores ajuda-nos a perceber as suas necessidades, o que nos permite ajustar a tecnologia”, explica Carlos Aguiar, Diretor da Signinum Inovação.

Comente este artigo

O artigo Tecnologia portuguesa quer prever pragas e doenças na vinha foi publicado originalmente em Vida Rural.

Anterior Terra Emergente - T.3 Ep.6 - Insetos Comestíveis
Próximo Cotações – Azeite – Informação Semanal – 8 a 14 Abril 2019

Artigos relacionados

Sugeridas

Alerta: programa CoopJovem já abriu candidaturas

[Fonte:Vida Rural]
Foi publicado na passada semana em Diário da República o regulamento que abre as candidaturas ao programa CoopJovem e que define as regras de acesso ao financiamento. […]

Nacional

INIAV recebe debate sobre gestão cinegética, caça e biodiversidade

[Fonte: Agricultura e Mar]

O secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas, […]

Comunicados

Organizações sectoriais têm medo da nossa participação no CAR Alqueva

Os 22 Blocos de Rega do Perímetro do EFMA, no seguimento da carta aberta enviada ao Sr. Ministro da Agricultura e em resposta às organizações sectoriais que sobre ela se prenunciaram, […]