Syngenta Flowers e Universidade do Algarve recebem 200 escuteiros em workshop sobre Horticultura

Syngenta Flowers e Universidade do Algarve recebem 200 escuteiros em workshop sobre Horticultura

[Fonte: Gazeta Rural]

Proporcionar aos jovens um contacto direto com as plantas e cativá-los para a prática da Horticultura e para a formação superior nesta área foi o objetivo de uma atividade organizada pela Universidade do Algarve com a participação da Syngenta Flowers, a 4 de Setembro, em Gambelas, Faro. Cerca de 200 escuteiros plantaram, podaram e enxertaram espécies ornamentais e fruteiras e levaram para casa uma planta.

A atividade teve lugar no âmbito do ACAREG – Acampamento Regional de Escuteiros da Região do Algarve, que decorreu de 3 a 8 de Setembro, em Faro, reunindo 1300 escuteiros de toda a região do Algarve.

«Como entidade empregadora no Algarve a Syngenta Flowers quer trabalhar com a Universidade do Algarve para incentivar as novas gerações a realizar formação superior na área da Agricultura, porque há carência de técnicos e engenheiros agrónomos na região. Esta iniciativa foi um primeiro passo nessa direção», explica Fátima Correia, site manager da Syngenta Flowers em Moncarapacho. Dar a conhecer à comunidade local a sua atividade de desenvolvimento e produção de estacaria ornamental foi outros dos objetivos da empresa.

Os jovens escuteiros, entre os 14 e os 17 anos, aprenderam a realizar enxertia de plantas de citrinos e também poda e enraizamento de estacas de plantas ornamentais (Lantana Camara, Scaevola e Sedum). Esta última atividade esteve sob coordenação da Eng.ª Sandra Germano. «Foi uma atividade muito gratificante mostrar aos jovens um pouco da atividade da nossa empresa e perceber que alguns deles têm interesse em seguir uma formação na área da Biologia e da Agricultura», afirma a head grower da Syngenta Flowers.

O polo da Syngenta Flowers em Moncarapacho é composto por um departamento de produção comercial de Petunia spp e Calibrachoa spp e subdepartamentos de Flowers R&D e Flowers Starter Material (Poinsettia sp, Pelargonium spp da classe SEE e várias variedades ornamentais de Bed & Balcony da classe SEE). Complementarmente, por acordo com a Bioline Agrosciences, continua a realizar-se em Moncarapacho a produção de insetos auxiliares para uso em luta biológica, nomeadamente das espécies Encarsia formosa, Eretmocerus erimicus e Nesidiocoris tenuis

Comente este artigo

O artigo Syngenta Flowers e Universidade do Algarve recebem 200 escuteiros em workshop sobre Horticultura foi publicado originalmente em Gazeta Rural.

Anterior Von der Leyen divulga nomes do seu colégio, mas só revela pastas na terça-feira
Próximo Incêndios. Alcafaz, no Caramulo, é aldeia exemplo de autoproteção

Artigos relacionados

Comunicados

Pera Rocha do Oeste viaja até à China para conquistar novos consumidores

A pera portuguesa vai marcar presença no FHC Food & Hotel China, entre 12 e 14 de novembro. É a maior feira da China para exportadores internacionais. […]

Dossiers

¿Cómo puedo diversificar mi explotación de cara a recibir el pago verde?

[Fonte: Agropopular – UE]

La empresa Agroptima ha presentado la `Guía gratuita de diversificación de cultivos´ […]

Últimas

Elvas recebe seminário sobre ‘A falha na transferência da imunidade passiva em vitelos de carne”

[Fonte: Vida Rural]

A Escola Superior Agrária de Elvas recebe, no próximo dia 6 de junho,  […]