Syngenta ajuda agricultores de Cantanhede a implementar agricultura sustentável

Syngenta ajuda agricultores de Cantanhede a implementar agricultura sustentável

Os agricultores da freguesia da Cordinhã, no concelho de Cantanhede, vão ter à disposição, na próxima campanha agrícola, um Centro de Lavagem de Pulverizadores, para recolha e tratamento de resíduos de produtos fitofarmacêuticos. O sistema Héliosec®, fornecido pela Syngenta, ajudará os agricultores a proteger o ambiente e a manterem-se seguros.

A instalação do sistema Héliosec® resulta de uma parceria estabelecida entre a Junta de Freguesia da Cordinhã e a Syngenta e deverá beneficiar cerca de 210 agricultores desta freguesia, onde existe a maior mancha de vinhas da Bairrada. Trata-se do primeiro Centro de Lavagem de Pulverizadores de uso comunitário em Portugal.

A primeira pedra do projeto foi lançada na passada sexta-feira, 29 de Junho, com a presença do Secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, que se deslocou à Cordinhã para conhecer a iniciativa. «Trata-se de uma obra relevante que demonstra a visão estratégica desta autarquia para uma área tão sensível como é o Ambiente e deve motivar outros autarcas do país a realizar investimentos semelhantes», afirmou o governante.

«A Junta de Freguesia da Cordinhã preocupa-se com a proteção do ambiente e o bem-estar da sua população. Instalando o sistema Héliosec® da Syngenta ajudaremos os nossos agricultores a cumprir uma exigência legal – tratamento e encaminhamento correto de resíduos – e garantimos a sustentabilidade da viticultura da Bairrada», afirma Pedro Carrana, presidente da Junta de Freguesia da Cordinhã, sublinhando que este é «um projeto win-win para todas as partes envolvidas».

 O Héliosec® funciona por desidratação natural através do vento e da temperatura e elimina definitivamente os restos de calda e as águas residuais de lavagem dos pulverizadores. O sistema é composto por um tanque em polietileno com cobertura, que é montado sobre uma base de cimento. Os efluentes desidratam até à obtenção de um extrato seco, que fica depositado no filme do Héliosec®. A recolha dos resíduos é assegurada pela Syngenta.

A Syngenta dará formação aos agricultores sobre o uso do sistema Héliosec®, bem como sobre a correta utilização dos produtos fitofarmacêuticos, calibração e regulação dos equipamentos de aplicação.

Esta ação enquadra-se no âmbito do The Good Growth Plan, o compromisso da Syngenta a nível mundial para tornar as culturas agrícolas mais eficientes, respeitando o ambiente e as pessoas. Em Portugal, a Syngenta já formou mais de 4.500 agricultores sobre Boas Práticas relacionadas com o uso de produtos fitofarmacêuticos.

heliosecheliosec

Comente este artigo
Anterior IRTA works towards the development of new high-quality wheat cultivars with resilience to climate change
Próximo Oferta de Emprego: Técnico agrícola–Secagem de milho - Torres Novas

Artigos relacionados

Nacional

OE2021: Governo estima investir mais 53 ME em projetos de regadio

O Governo estima investir cerca de 113 milhões de euros em projetos de regadio, mais 53 milhões de euros do que em 2019, segundo o relatório que acompanha a proposta de lei do Orçamento do Estado (OE) para 2021. […]

Comunicados

Falecimento da Eng.ª Maria Antónia Figueiredo

A CONFAGRI cumpre o doloroso dever de comunicar o falecimento da sua Secretária-Geral Adjunta, Eng.ª Maria Antónia da Silva Figueiredo, aos 60 anos, […]

Nacional

O mistério das sementes: o que são, quais os riscos e o que deve fazer se as receber

Portugal juntou-se à lista de países que estão a receber pacotes de sementes asiáticas de forma suspeita. A SIC falou com a DGAV para tentar perceber a dimensão do fenómeno. […]