Sociedade Central de Cervejas e Bebidas aposta no sistema pooling da CHEP

Sociedade Central de Cervejas e Bebidas aposta no sistema pooling da CHEP

A Sociedade Central de Cervejas e Bebidas (SCC), empresa especializada na produção e comercialização de cerveja, sidra, águas e refrigerantes, assinou recentemente um acordo com a CHEP, empresa de soluções para a cadeia de abastecimento, mediante o qual a CHEP torna-se no seu único fornecedor de paletes em sistema pooling para o mercado nacional e exportação.

A escolha da CHEP como novo parceiro de logística deveu-se ao facto das inovadoras soluções da CHEP permitirem optimizar a cadeia de abastecimento da SCC, reduzindo os custos de transporte e distribuição. Para o primeiro ano de contrato, a SCC prevê o envio de 750.000 paletes da CHEP para todo o País e também para o estrangeiro.

Em paralelo, a SCC tem a sustentabilidade como um pilar fundamental da sua actividade, estando presente em toda a sua cadeia de valor. Nesse sentido, um dos principais objectivos da empresa é a redução do impacto ambiental da sua actividade, de forma a alcançar as metas de sustentabilidade delineadas no seu programa “Brewing a Better World”.

Nuno Cruz Silva, demand & supply planning manager da SCC, afirma«A escolha da CHEP como o nosso fornecedor único de paletes está em linha com os nossos objectivos de sustentabilidade, que passam pela redução do impacto ambiental da nossa actividade, tornando a cadeia de abastecimento mais eficiente e sustentável. Com a ajuda da CHEP teremos uma poupança nos nossos custos de distribuição e a optimização dos processos logísticos, que serão mais rápidos, mais eficientes, mais seguros e mais amigos do ambiente.»

O sistema pooling da CHEP representa uma poupança nos custos e a optimização dos processos logísticos, para além de ser um sistema inerentemente sustentável, que está alinhado com o modelo de economia circular, baseado na partilha, reutilização e reciclagem dos recursos. Na Europa, 100% da matéria-prima que a CHEP utiliza, tanto para fabricar como para reparar, provém de florestas sustentáveis, certificadas pelo FSC ou PEFC da cadeia de responsabilidade.

Filipa Ferreira Mendes, Country General Manager da CHEP Portugal refere: «Estamos muito orgulhosos pela confiança que a Sociedade Central de Cervejas e Bebidas depositou em nós. Com este acordo, reforçamos a nossa presença no sector do consumo, como parceiro de negócio especialista em soluções eficientes e seguras para toda a cadeia de abastecimento e criando valor acrescentado para todo o mercado nacional e internacional».

Notícias relacionadas

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas, Legumes e Flores.

Comente este artigo
Anterior Portugal promove a primeira feira internacional para o sector biológico
Próximo Governo lança programa “Queima segura” que obriga ao acompanhamento das queimas

Artigos relacionados

Últimas

EAT EUROPE – Nutrition: between labelling and public health

Public health issues concern people and States. The former is often exposed to an unbalanced and lacking information system, whereas the latter have been trying to fight against spread health […]

Últimas

Vinhos de Portugal: como uma boa história vende um bom vinho

As pessoas querem ouvir e os produtores não se cansam de contar. Cada um tem a sua história e o público que encheu o Vinhos de Portugal no Rio de Janeiro (de 31 de Maio a 2 de Junho) e depois em São Paulo (de 7 a 9 de Junho) estava ali mesmo para as ouvir e perceber o que é […]

Nacional

A Academia do Vinho Verde vai realizar 3 sessões de formação sobre “Poda e Condução da Vinha”

A Academia do Vinho Verde vai realizar 3 sessões de formação sobre “Poda e Condução da Vinha” que vai decorrer nos respetivos dias 9, […]