Sete acidentes com aeronaves do dispositivo de combate aos fogos nos últimos dois meses

[Fonte: Expresso]

Nos últimos dois meses, ocorreram sete acidentes com aeronaves do dispositivo de combate a incêndios, avança o “Jornal de Notícias” esta quinta-feira.

Segundo relatórios do Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários (GPIAAF), dois dos sete acidentes deveram-se à inexperiência dos pilotos e a dificuldades na comunicação aeronáutica.

O primeiro acidente ocorreu a 3 de julho: deu-se a amaragem de um avião na Barragem de Castelo de Bode. O GPIAAF então concluiu que o piloto não estava concentrado e não dominava o inglês aeronáutico.

O segundo acidente deu-se a 18 de julho, em Macedo de Cavaleiros. Um helicóptero aterrou na EN102, por problemas técnicos.

O terceiro foi com um avião na barragem de Beliche. Mais uma vez, o GPIAAF apontou a experiência limitada do piloto como motivo.

A 7 e 18 de agosto, houve dois acidentes em Évora: paraquedistas turísticos caíram sobre os helicópteros estacionados na pista, causando danos. Já a 1 de setembro houve uma nova amaragem na barragem do Sabugal.

O último acidente ontem, com um helicóptero na Pampilhosa da Serra e provocou ferimentos a um militar da Unidade de Emergência de Proteção e Socorro (UEPS). A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) já abriu um inquérito ao sucedido.

Comente este artigo

O artigo Sete acidentes com aeronaves do dispositivo de combate aos fogos nos últimos dois meses foi publicado originalmente em Expresso.

Anterior CAP quer PS, PSD e CDS a discutir futuro da agricultura em Portugal
Próximo Incêndios: Cerca de uma centena de concelhos de 15 distritos em risco máximo

Artigos relacionados

Sugeridas

Eliminar carne de vaca nas cantinas de Coimbra é “cuidar do futuro”, diz reitor

[Fonte: SAPO 24]

O reitor da Universidade de Coimbra (UC) disse hoje que a academia está a “cuidar do futuro” […]

Últimas

Calor até quarta-feira. Leiria, Lisboa e Setúbal sob aviso amarelo

[Fonte: Rádio Renascença]

As temperaturas máximas vão manter-se na ordem dos 30 graus até quarta-feira, ainda que comecem a baixar na terça. […]

Sugeridas

Crédito Agrícola apoia exportação com presença no SISAB

O Crédito Agrícola marca presença no SISAB – Salão Internacional do Sector Alimentar e Bebidas, que decorre entre 06 e 08 de Março, […]