Seminário em Beja sobre requalificação de linhas de água na exploração agrícola

Seminário em Beja sobre requalificação de linhas de água na exploração agrícola

[Fonte: Revista Frutas Legumes e Flores]

O auditório da Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva (EDIA), em Beja, acolhe, na manhã de 14 de Fevereiro, o seminário “Requalificação de linhas de água na exploração agrícola = +valor”. Segundo comunicado da EDIA, este evento «é o culminar dos trabalhos desenvolvidos pelo consórcio Trevo e EDIA e tem como objectivo a partilha da experiência adquirida através da implementação de um projecto de requalificação de uma linha de água num pomar de amêndoas e romãs».

O “Projecto modelo de requalificação de galeria ripícola” está enquadrado no programa “Educação ambiental + sustentável: Repensar rios e ribeiras” e é financiado pelo Fundo Ambiental. A EDIA explica que este projecto «surge da necessidade de reconsiderar, reflectir e criar novas formas de intervir nas linhas de água das explorações agrícolas, conciliando as mais-valias de escoamento e drenagem com a preservação da paisagem e biodiversidade».

Para a organização, este tema é «da maior importância para o desenvolvimento sustentável das explorações agrícolas associado a boas práticas agrícolas e ambientais». Assim, o seminário dirige-se a toda a comunidade regante e técnicos da área de ambiente e agricultura.

Inicialmente, será apresentado o caso prático da Herdade das Carvoeiras, no âmbito da requalificação de rios e ribeiras. Segue-se uma mesa-redonda, com o mote “A multifuncionalidade das linhas de água em espaço agrícola: Benefícios económicos, sociais e ambientais”.

A entrada no seminário é gratuita. Pode consultar o programa deste evento aqui.

Notícias relacionadas




Comente este artigo

O artigo Seminário em Beja sobre requalificação de linhas de água na exploração agrícola foi publicado originalmente em Revista Frutas Legumes e Flores.

Anterior Frubis lança dois novos produtos da gama Choco
Próximo Tendências para o agroalimentar vão ser conhecidas segunda-feira

Artigos relacionados

Últimas

Digidelta Software assume-se parceira do produtor pecuário no aumento da rentabilidade na sua exploração

[Fonte: Voz do Campo]

O que começou por ser um programa para gerir o efetivo da Associação de Defesa Sanitária (ADS) de Torres Novas acabou por se tornar o alicerce da Digidelta Software. Já lá vão 30 anos e as mudanças são abissais mas o facto é […]

Nacional

Seca de 2017 pode repetir-se. Depende do que acontecer em abril

[Fonte: Jornal de Negócios]
A seca está a acontecer, mas depende do que acontecer na primavera não acontecer o mesmo que em 2017. Eduardo Oliveira e Sousa, presidente da CAP, pede, por isso, medidas e que se pense no problema a longo prazo. […]

Nacional

Só 1,2% da água residual tratada é reutilizada, metade da média europeia

Somente 1,2% das águas residuais tratadas são reutilizadas, metade da média registada na União Europeia, o que os ambientalistas da Zero consideram uma contradição num país tão susceptível à seca, e defendem ser prioritário o aproveitamento. “Das 265 entidades [com estações de tratamento de águas residuais – […]