Sector agrícola congratula-se com Prémio Nobel da Paz

Sector agrícola congratula-se com Prémio Nobel da Paz

Têm sido várias as reacções à atribuição deste ano do Prémio Nobel da Paz ao Programa Alimentar das Nações Unidas.

Em comunicado, o Ministério da Agricultura congratula o projecto, «reconhecendo o trabalho no combate à fome, em particular em zonas de conflito. Num ano marcado pela pandemia da covid-19, em que as cadeias de produção e de distribuição foram afectadas, ficou patente a cada vez maior importância do direito a uma alimentação segura, saudável e sustentável, para todas e para todos. A Agenda de Inovação para a Agricultura 20|30, apresentada por este Governo, está em linha com estes princípios do Programa Alimentar Mundial».

Também a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) fez chegar a sua reacção à nossa revista, destacando:«A Agricultura e a produção de alimentos estão na base da Paz. Este Prémio constitui, assim, motivo de enorme regozijo para os agricultores e para todos aqueles que produzem alimentos. Porque sem agricultura não há alimentos; e sem alimentos não há vida».

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas Legumes e Flores.

Comente este artigo
Anterior Governo entrega prémio que é «reconhecimento às empresas do agronegócio que não pararam»
Próximo Previsão período alargado - 12 out. a 08 nov. 2020

Artigos relacionados

Sugeridas

Agricultores do Mondego exigem que Governo assuma realização de obra de regadio

A Associação Distrital dos Agricultores de Coimbra (ADACO) exigiu hoje que o Governo assuma a responsabilidade de executar uma obra de regadio, […]

Últimas

Oferta de emprego – Engenheiro Agrónomo – Palmela

A AVIPE – Associação de Viticultores do Concelho de Palmela procura estagiário para integrar na medida Estágios Profissionais do IEFP, com a […]

Nacional

Bruxelas lança programa de empréstimos para jovens agricultores

A Comissão Europeia e o Banco Europeu de Investimento (BEI) lançaram esta segunda-feira um programa de empréstimos para jovens agricultores europeus, […]