São Miguel acolhe formação sobre boas práticas na cultura do ananás em Outubro

São Miguel acolhe formação sobre boas práticas na cultura do ananás em Outubro

O Serviço de Desenvolvimento Agrário de São Miguel vai promover, de 7 a 22 de outubro, uma ação de formação sobre Boas Práticas na cultura do ananás direcionada a produtores em prol da sustentabilidade futura de uma produção centenária e emblemática da Região, informou hoje a Secretaria Regional da Agricultura e Florestas.

À semelhança da edição de 2018, a formação prevista para este ano visa a transmissão de novos conhecimentos, que vão contribuir para a melhoria da rentabilidade das explorações de produção de ananás.

As inscrições para esta formação podem ser feitas na Quinta de São Gonçalo, em Ponta Delgada, onde funciona o Serviço de Desenvolvimento Agrário de São Miguel ou nos Postos de Atendimento Agrícola até ao dia 26 de julho.

Presentemente existem cerca de 216 produtores de ananás, uma cultura que ocupa uma área de 56 hectares na ilha de São Miguel.

A cultura do ananás, certificada como Denominação de Origem Protegida (DOP), reveste-se de uma importância que vai muito além do interesse agronómico, é uma referência local, uma marca de identidade que importa continuar a preservar.

GaCS/RM

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Gazeta Rural.

Anterior VITIS 2020-2021
Próximo Valor da agricultura madeirense cresce 18% em 2018

Artigos relacionados

Últimas

Municípios devem privilegiar distribuição de hortofrutícolas locais nas escolas

Foi esta quarta-feira (11 de setembro) publicada em Diário da República uma resolução da Assembleia da República (AR) que recomenda ao Governo medidas para a melhoria do programa de distribuição de hortícolas e de frutas, […]

Últimas

Fito-Entrevista: Os desafios à produção agrícola por Filipa Viana.

Filipa Viana, Psicóloga
O Futuro da atividade agrícola dentro e fora do setor.
A visão sobre os desafios da produção agrícola na atualidade, […]

Nacional

AgroVida agosto – Vinho com bom senso – Editorial de Teresa Silveira

Receio que estejamos paulatinamente a construir um estado policial em Portugal, ao invés de trabalharmos com afinco desde o berço numa cultura de educação e de civismo. […]