Roubados cerca de 500 quilos de morangos em São Pedro Velho

Roubados cerca de 500 quilos de morangos em São Pedro Velho

Manuel Borges, um dos cinco produtores responsáveis pelos famosos morangos de São Pedro Velho, no concelho de Mirandela, está desiludido.

Desta vez, não tem a ver com a dificuldade em escoar o produto em tempo de pandemia Covid-19, mas antes porque, nos últimos tempos, a sua exploração já foi visitada pelos “amigos do alheio” em quatro ocasiões, a última delas na madrugada da passada quarta-feira.

Manuel Borges já ficou sem cerca de 500 quilos de morangos, com um prejuízo superior a mil euros, fora os danos causados na plantação. “Eles colhem os morangos verdes e maduros e destroem a campanha, estão a colocar em perigo a campanha e as cerca de oito ou nove pessoas que estão aqui a trabalhar“, conta o produtor.

Todos os anos tenho sido um mártir, porque a exploração está perto da estrada e é mais fácil levarem os morangos, mas este ano ultrapassou os limites“, lamenta.

Na madrugada de quarta-feira, Manuel Borges conta que a GNR ainda efetuou uma perseguição aos assaltantes, mas acabaram por conseguir fugir, deixando para trás a viatura que foi apreendida. “Tenho de agradecer a colaboração da GNR de Mirandela e de Torre de Dona Chama porque foram uns grandes heróis. Lançaram os faróis para eles, passaram por sítios onde até os javalis têm dificuldade em passar, mas eles acabaram por fugir”.

A GNR está a proceder à investigação destes casos.

O artigo foi publicado originalmente em JN.

Comente este artigo
Anterior “Água não vai faltar aos agricultores, mas poderá vir a faltar mão de obra”
Próximo Oferta de emprego – Responsável pela Qualidade Alimentar – Engenheiro Zootécnico ou Alimentar – Santarém

Artigos relacionados

Últimas

Inscrições para o Concurso Nacional de Azeites de Portugal decorrem até 16 de abril

As Inscrições para o Concurso Nacional de Azeites de Portugal que se realiza no Centro Nacional de Exposições, em Santarém, a 25 e 26 de maio, e que é organizado pelo CEPAAL – […]

Notícias florestas

Certificação favorece a economia da floresta

A valorização dos produtos provenientes de florestas certificadas é fundamental para a adesão de proprietários e produtores florestais. […]

Últimas

Terras & Terroir entra na Bairrada com compra da Quinta do Ortigão

Depois de comprarem a Quinta da Pacheca (Lamego) em 2012, a Quinta de São José do Barrilário (Armamar) em 2017 […]