Resende promove visitas guiadas pela Rota das Cerejeiras em  Flor

Resende promove visitas guiadas pela Rota das Cerejeiras em Flor

Durante os meses de Março e Abril, em plena primavera e com o desabrochar das flores, o Município de Resende promove visitas guiadas pela Rota das Cerejeiras em Flor.

É nesta época que as encostas do rio Douro, em Resende, cobrem-se de um admirável manto branco proporcionado pelas cerejeiras em flor que, nesta altura do ano, encontram-se em plena floração.

Do programa consta uma visita guiada ao Museu Municipal de Resende e uma viagem pelas freguesias de São João de Fontoura, São Pedro de Paus, Barrô e São Martinho de Mouros (que inclui uma visita guiada ao Centro Interpretativo da Cereja), onde o cultivo das cerejeiras é mais evidente. Durante o percurso, uma técnica mantém o diálogo com os visitantes e explica o desenvolvimento do ciclo da cereja.

Assim, na Rota da Cerejeira em Flor para além de poder admirar as magníficas paisagens desta região, terá oportunidade de conhecer todos os detalhes relativos à fileira da cereja.

As inscrições encontram-se abertas para grupos com o mínimo de 20 pessoas, sendo que poderá obter mais informações através do telefone 254 877 200.

Caso não tenha oportunidade de organizar um grupo para realizar a visita, convidamo-lo a fazer um passeio em família pelo Douro e admirar as cerejeiras em flor.

De referir que a freguesia de Paus celebra a Cerejeira em Flor numa festa a realizar no dia 7 de abril, a partir das 15h00, numa organização do Grupo Folclórico e Etnográfico de S. Pedro de Paus, com o apoio do Município de Resende e que conta com a participação dos vários Ranchos Folclóricos do concelho.

Depois das Cerejeiras em Flor, o Município de Resende celebra a sua afamada cereja, com o habitual Festival da Cereja que este ano decorre nos dias 1 e 2 de junho, numa mostra que apresenta o delicioso fruto, sempre acompanhado de animação e música popular.

O Município de Resende convida-o a descobrir este cenário único e inspirador das cerejeiras em flor tendo o rio Douro como pano de fundo.

O artigo foi publicado originalmente em Gazeta Rural.

Comente este artigo
Anterior VIII Encontro de Produtores de Mirtilo realiza-se em Viseu
Próximo Em Destaque Agronegócio | 4º Trimestre de 2018

Artigos relacionados

Sugeridas

Exportação de maçã para o Equador

Estão estabelecidos os requisitos fitossanitários para exportação de maçã produzida em Portugal para o Equador. Para esta exportação será […]

Sugeridas

O maior produtor de hortícolas bio está na Comporta. E fala francês

O maior produtor de hortícolas biológicos em Portugal está na Comporta, em Alcácer do Sal, e tem pronúncia francesa. A BVLH, […]

Últimas

Ministro do Ambiente apoia central de dessalinização no Algarve

O Algarve avança para o combate à seca em várias frentes. Por um lado, há a hipótese de avançar com a construção de dois açudes – […]