Quinto dia de greve dos motoristas começa com menos um sindicato em protesto

Quinto dia de greve dos motoristas começa com menos um sindicato em protesto

[Fonte: SAPO 24] A greve dos motoristas de matérias perigosas entra hoje no quinto dia, depois de um dos dois sindicatos que convocaram a paralisação ter desconvocado o protesto.

A decisão do Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias (SIMM) surgiu perto das 23:00, na sequência de uma reunião no Ministério das Infraestruturas, gabinete onde se encontravam também dirigentes da Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (Antram).

“Chegámos à conclusão de que esta greve não surtiu os efeitos que desejávamos”, disse Anacleto Rodrigues, porta-voz do SIMM.

Esta posição do SIMM deixou o Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) sozinho no protesto, depois de esta estrutura sindical ter pedido na quinta-feira a mediação do Governo para chegar a um entendimento com a Antram.

O Governo começou por anunciar que iria nomear um mediador para tentar terminar o conflito, mas, horas depois, disse que o processo de mediação não era viável.

A Antram, por seu turno, reiterou na quinta-feira que, se os sindicatos desconvocarem a greve, aceita reunir-se com aquelas estruturas.

A greve fora convocada pelo SNMMP e pelo Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias (SIMM), com o objetivo de reivindicar junto da Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (Antram) o cumprimento do acordo assinado em maio, que prevê uma progressão salarial.

Na segunda-feira, ao final do primeiro dia de greve, o Governo decretou uma requisição civil, alegando incumprimento dos serviços mínimos.

Comente este artigo
Anterior Microorganisms could help rid soil of lingering pesticides
Próximo Improve the link between Science, innovation, agriculture and food

Artigos relacionados

Nacional

Setor agroalimentar é dos mais ameaçados pela automação

[Fonte: Vida Rural]

A produção agroalimentar é o setor em que os trabalhadores serão mais ameaçados pela automação, revela o Workmonitor da Randstad. Sete em cada dez (66,7%) dos profissionais deste setor acreditam que o seu posto de trabalho corre perigo com a introdução de tecnologias de automação na indústria agroalimentar. […]

Últimas

Ministério da Agricultura está no terreno a apoiar os agricultores afectados pelos incêndios

[Fonte: Gazeta Rural]

Apesar de estarem ainda em curso trabalhos de rescaldo nas zonas atingidas pelos incêndios dos últimos dias, os serviços do Ministério da Agricultura encontram-se já no terreno para fazer o levantamento dos prejuízos sofridos em explorações agrícolas, bem como de eventuais necessidades relativamente a tratamentos de animais feridos e alimentação animal, […]

Sugeridas

APROLEP: O futuro do leite exige diálogo e solidariedade entre todos

[Fonte: APROLEP]
Os produtores de leite portugueses terminaram 2018 com um preço médio de 31,8 cêntimos por kg de leite, cerca de 4 cêntimos abaixo da média comunitária, conforme os dados disponibilizados pela Comissão Europeia através do Observatório Europeu do Leite.
Os produtores de leite em Espanha tiveram ao longo de 2018, […]