Quer manter o seu terreno limpo? Já conhece a aplicação do ICNF para o apoiar na gestão de combustíveis?

Quer manter o seu terreno limpo? Já conhece a aplicação do ICNF para o apoiar na gestão de combustíveis?

O Programa de Sapadores Florestais do ICNF — Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas desenvolveu uma aplicação direccionada ao cidadão, para apoiar na gestão de combustíveis.

Nesta aplicação, o cidadão pode pesquisar que equipas actuam numa determinada zona do seu interesse, consultar as entidades e os contactos dessas equipas, e entrar em contacto com os responsáveis.

Silvicultura preventiva

Pode ainda efectuar medições de terreno, imprimir o mapa ou partilhá-lo por email, facebook ou twitter com responsáveis ou interessados.

As equipas do Programa têm capacidade e conhecimentos especializados e desenvolvem, ao longo do ano, de forma sistemática e eficiente, várias acções de silvicultura preventiva – gestão de combustíveis.

Pode encontrar a aplicação aqui.

Sapadores Florestais

Proteger a floresta contra incêndios constitui um dos objectivos prioritários estabelecidos na Lei de Bases da Política Florestal. Para a prossecução de tal objectivo foi necessário garantir a existência de estruturas dotadas de capacidade e conhecimentos específicos adequados que, ao longo do ano, desenvolvam, com carácter permanente e de forma sistemática e eficiente, acções de silvicultura preventiva e simultaneamente acções de vigilância e de apoio ao combate de incêndios florestais.

O Programa de Sapadores Florestais (PSF) surge, assim, em 1999, como instrumento da política florestal, com vista a contribuir para a diminuição do risco de incêndio e a valorização do património florestal através da criação de equipas especializadas, reforçando as estruturas de prevenção e de combate já existentes, numa acção conjugada de esforços das diferentes entidades empenhadas na defesa da floresta contra os incêndios, concretizado com a publicação do Decreto-Lei n.º 179/99, de 21 de Maio, que define as regras e os procedimentos a observar na criação e reconhecimento de equipas de sapadores florestais (eSF) e na regulamentação dos apoios à sua actividade.

Plano Nacional de Defesa da Floresta Contra Incêndios

O Plano Nacional de Defesa da Floresta Contra Incêndios (PNDFCI), publicado na Resolução de Conselho de Ministros n.º 65/2006, de 26 de Maio, tendo subjacente como orientação o aumento da resiliência do território aos incêndios florestais, define a expansão do corpo especializado de sapadores florestais com a criação anual de 20 eSF até 2012.

Posteriormente, vem a Estratégia Nacional para as Florestas, publicada na Resolução do Conselho de Ministros n.º 114/2006, de 15 de Setembro, reforçar esta expansão, estabelecendo como meta a existência de 500 eSF em 2020.

Em 2008, o Governo decidiu antecipar os objectivos estabelecidos anteriormente, tendo como consequência um esforço financeiro acrescido, acompanhamento e enquadramento técnico significativo.

Para cumprir estes objectivos, foram ditadas novas regras ao PSF no sentido de agilizar os procedimentos inerentes à constituição das eSF, à reorganização processual dos concursos, à redefinição das funções fundamentais dos sapadores florestais e ao enquadramento das eSF no Dispositivo Integrado de Prevenção Estrutural, publicado pela Portaria n.º 35/2009, de 16 de Janeiro.

Agricultura e Mar Actual

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Anterior Psila africana dos citrinos: Trioza erytreae - atualização da zona demarcada
Próximo Vitacress renova gama de Saladas Refeição Minute

Artigos relacionados

Eventos

Sessão Oficial de Encerramento do Centenário da Direção-Geral dos Serviços Pecuários e de Abertura do Ano Internacional da Sanidade Vegetal – 17 de fevereiro – Lisboa

A Ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, e o Secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, Nuno Russo, participam […]

Últimas

Capoulas: “Serão apoiados todos os prejuízos agrícolas” provocados pelos incêndios

O ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, garantiu que “serão apoiados todos os prejuízos agrícolas: tractores, máquinas, […]

Comunicados

Inscrição: Delegação do Comissário europeu da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Phil Hogan, durante a visita à Arábia Saudita e ao Irão de 7 a 12 de novembro de 2017

O Comissário europeu da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Phil Hogan, visitará a Arábia Saudita e o Irão de 7 a 12 de novembro de 2017. […]