Queimas e queimadas já são autorizadas em Boticas

Queimas e queimadas já são autorizadas em Boticas

A Câmara Municipal de Boticas, com a transição de Estado de Emergência Nacional para o Estado de Calamidade Pública, decretada no âmbito da pandemia de Covid-19, em reunião do executivo realizada hoje, dia 7 de Maio, decidiu proceder ao levantamento da proibição da realização de queimas ou queimadas no concelho.

A decisão permite assim que os proprietários possam cumprir, dentro do prazo estabelecido (até 31 de Maio), a obrigatoriedade de limpeza dos terrenos.

Comunicação obrigatória

No entanto, e tal como acontecia antes da declaração de Estado de Emergência, a realização de queimas de matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração, bem como a que decorre de exigências fitossanitárias de cumprimento obrigatório, está sujeita a comunicação prévia da realização das mesmas à Câmara Municipal.

Atendendo à situação que ainda vivemos devido à Covid-19, a autarquia afirma que o pedido de autorização ou a comunicação desta actividade deve ser feita preferencialmente através do registo na página do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), aqui, pelo telefone (276 410 200) ou caso seja estritamente necessário, junto da Câmara Municipal.

A Câmara Municipal de Boticas informa ainda que a realização de queimadas para renovação de pastagens e eliminação de restolho e, ainda, para eliminar sobrantes de explorações cortados, mas não amontoados, só é permitida após licenciamento na Câmara Municipal.

Agricultura e Mar Actual

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Comente este artigo
Anterior Instituto dos Vinhos do Douro e Porto lança newsletter digital Porto & Douro Magazine
Próximo Live-stream - Com a Agricultura Familiar, pelo Direito à Alimentação de Proximidade, pela Soberania Alimentar!

Artigos relacionados

Últimas

​Costa quer Portugal sem centrais a carvão e com 80% de energias renováveis em 2030

O primeiro-ministro assumiu esta terça-feira, no parlamento, as metas de Portugal chegar a 2030 sem qualquer central a carvão em funcionamento, […]

Sugeridas

Eduardo Oliveira e Sousa reeleito para um novo mandato à frente da CAP – Confederação dos Agricultores de Portugal

O atual presidente da CAP renova o mandato para o triénio 2020/2022. A nova Direção integra quatro novos membros […]

Sugeridas

Governo anula há dois meses incentivos às empresas para limpar projetos parados

Com o Portugal 2020 a entrar na reta final, as autoridades de gestão dos incentivos às empresas estão há dois meses a anular os projetos que não estão a ter execução. […]