Protesto de Produtores de Leite – 23 de Janeiro – Bruxelas

Protesto de Produtores de Leite – 23 de Janeiro – Bruxelas

Com o seu leite em pó, a Comissão e o Conselho apenas ajudam a transbordar mais o copo

Iniciativa de produtores de Leite em Bruxelas – 23 de Janeiro, por ocasião da reunião do Conselhos de Ministros da Agricultura

A Coordenadora Europeia Via Campesina (CEVC), da qual a CNA faz parte, irá manifestar-se juntamente com o European Milk Board (EMB), no dia 23 de Janeiro, em frente do edifício Justus-Lipsius (Rua de la Loi 175, 1000 Bruxelas), contra a colocação dos stocks de leite em pó resultante da intervenção pública e em defesa da reposição de um instrumento de regulação da produção de leite na UE.

Como facilmente se entende, quando a Comissão Europeia e o Conselho de Ministros da Agricultura da UE lançam, num mercado inundado de leite, as suas 360 mil ton de leite em pó resultantes da aplicação da intervenção, não ajudam a recuperação dos preços ao produtor e muito menos ajudam a indústria a comercializar os seus imensos stocks gerados pelos largos meses de crise.

Se a Comissão e o Conselho tinham dúvidas sobre a crise no sector de leite, o mercado que tanto veneram deu-lhes uma resposta clara, quando em Dezembro apenas adquirir 40 ton das 20 mil que foram postas em licitação (menos de 1%). A razão é evidente: não foi pelo preço base de licitação estar alto, mas sim pelo mercado estar tão saturado que o preço no privado ainda é mais baixo de que o preço estabelecido pela Comissão.

O fim do regime de quotas leiteiras e o falhanço da política de exportação da UE deixaram o mercado do leite da UE a transbordar, onde todos, inclusivamente a CE, lutam agora para se desfazer dos seus stocks para júbilo da grande distribuição.

A CNA, que estará presente nesta iniciativa através de um dirigente da Confederação, continua a afirmar que apenas a reposição de um instrumento de regulação público da produção irá travar a destruição do sector do leite na Europa e salvaguardar a qualidade e sustentabilidade do modelo de produção.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comente este artigo
Anterior Nova segmentação de mercado da maçã proposta em estudo do Freshness
Próximo Capoulas Santos: Balança agroalimentar “encurtou 700 milhões de euros”

Artigos relacionados

Sugeridas

Mercadona aumenta o investimento em 50%, chegando aos 1.504 milhões de euros, e fatura mais 6%, num total de 24.305 milhões de euros

[Fonte: Mercadona]
Depois de decidir, há dois anos, iniciar um processo disruptivo e fazer o que fosse necessário para transformar a empresa e continuar a ser a melhor opção para “o Chefe”
• Com a criação de 1.800 novos empregos estáveis e de qualidade, […]

Sugeridas

Veracruz investe €50 milhões em amendoal na beira baixa.

O grupo luso-brasileiro está a instalar-se em 2 mil hectares no Fundão e em Idanha-a-Nova. Objetivo é chegar aos 5 mil hectares de amendoeiras e exportar 70% da produção. […]

Sugeridas

Feira de Queijos do Continente promove mais de 30 produtores nacionais

A Feira Queijos de Portugal do Continente, que começa hoje em todas as lojas da marca em território continental, junta mais de 30 produtores […]