Proteção de aves. Em resposta ao PAN agricultores suspendem apanha noturna de azeitona

Proteção de aves. Em resposta ao PAN agricultores suspendem apanha noturna de azeitona

Até se apurar, mediante a realização de estudos científicos, se a apanha noturna mecanizada de azeitona nos olivais em sebe pode prejudicar a avifauna, não se vai colher azeitona durante a noite

As confederações agrícolas e do agroalimentar CAP e CONFAGRI e ainda as organizações setoriais ligadas ao olival OLIVUM e Casa do Azeite, estabeleceram um acordo sectorial onde recomendam a suspensão preventiva da colheita noturna de azeitona, “sempre que exista risco para a avifauna, como medida de precaução e até que estejam concluídos os estudos científicos que permitam, no futuro, que essa colheita seja feita com o menor impacto possível na avifauna do olival”.

Esta decisão surge na sequência de uma tomada de posição semelhante na vizinha Espanha, e também em resposta às mais recentes manifestações do PAN e da Quercus contra a apanha noturna de azeita nos olivais em sebe, também conhecidos por olivais intensivos e super-intensivos.

No comunica acabado de divulgar esta quinta-feira de manhã, as organizações agrícolas reconhecem a “necessidade de elaborar estudos científicos que permitam conhecer, com rigor, em que condições é que a colheita noturna mecanizada pode ter impacto sobre a avifauna dos olivais”.

Por outro lado, os mesmo responsáveis manifestam toda a disponibilidade para colaborar ativamente com as entidades que têm a seu cargo a elaboração de tais estudos.

Sugerem, assim a suspensão preventiva da colheita noturna mecanizada de azeitona, precisamente um pouco mais de uma semana depois de se ter dado início à campanha de 2019/20.

O artigo foi publicado originalmente em Expresso.

Comente este artigo
Anterior GPP divulga nova edição da publicação CULTIVAR com o tema “Ensino Agrícola”
Próximo Recenseamento agrícola 2019: 25 de outubro: vai para o terreno a recolha de dados da 2ª operação estatística de maior dimensão em Portugal

Artigos relacionados

Nacional

Queijo Saloio volta a destacar-se no concurso ‘Queijos de Portugal 2017’ com o maior número de prémios

A Queijo Saloio, produtora de queijos a nível nacional com mais de quatro décadas de existência, foi pelo 9º ano consecutivo a empresa mais premiada no concurso “Queijos de Portugal” promovido pela Associação Nacional dos Industriais de Lacticínios (ANIL), […]

Últimas

Smart Farming, a ferramenta que faz a agricultura mais inteligente

Um consórcio, que reuniu organismos públicos e empresas privadas entre 2016 e 2018, trabalhou para desenvolver uma ferramenta que permita gerir a propriedade de forma mais inteligente e precisa, […]

Sugeridas

Revista Agrotejo 2019

A Revista da Agrotejo, editada anualmente, tem sido um contributo de valor para o sector agrícola da região […]