Projeto H2020 “SOILGUARD”

Projeto H2020 “SOILGUARD”

O projeto “SOILGUARD”, financiado pela UE ao abrigo do programa Horizonte 2020, visa impulsionar a gestão sustentável do solo para libertar o potencial da biodiversidade do solo e aumentar o bem-estar ambiental, económico e social. 
O projeto reúne 25 parceiros de 18 países diferentes (Espanha, França, Suíça, Holanda, Áustria, Alemanha, Bélgica, Dinamarca, Letônia, Hungria, Finlândia, Irlanda, Argentina, Camarões, Tailândia, Grécia, Suíça, Reino Unido), teve inicio a 1 de junho de 2021 e finalizará a 31 de maio de 2025.

É necessária uma ação urgente para integrar as práticas de gestão sustentável do solo e a percepção da biodiversidade do solo como uma solução fundamental baseada na natureza (NBS) para a degradação da terra e os fenómenos resultantes das alterações climáticas. Este conceito está intimamente ligado às práticas de gestão sustentável do solo (SSM). As práticas de SSM são os meios para estimular a biodiversidade do solo e maximizar o seu papel como um NBS. No entanto, a nossa capacidade de realizar avaliações confiáveis e abrangentes da biodiversidade do solo é insuficiente e representa um novo desafio para aumentar o impacto das práticas de SSM.

O objetivo do SOILGUARD é estimular o uso sustentável da biodiversidade do solo, a fim de proteger a multifuncionalidade dos solos e aumentar o bem-estar económico, social e ambiental. Isso será alcançado através da coleta de fortes evidências das ligações entre a gestão do solo, a biodiversidade do solo, a multifuncionalidade do solo e o bem-estar humano em diferentes regiões biogeográficas. Essa evidência será obtida por meio de uma estrutura holística inovadora sobre bem-estar e biodiversidade do solo. O SOILGUARD avaliará a situação da biodiversidade do solo e sua contribuição para o fornecimento e valor dos serviços ecossistémicos mediados pelo solo (ES) em relação às ameaças de degradação da terra, gestão insustentável do solo e alterações climáticas.

Organização de Proprietários de Terras Europeus (ELO) será responsável pela comunicação e divulgação do projeto e estará envolvida na co-concepção do plano estratégico.

Mais informações sobre o projeto aqui

O artigo foi publicado originalmente em Rede Rural Nacional.

Comente este artigo
Anterior Conheça os vencedores deste ano dos Prémios Vida Rural!
Próximo Governo dos Açores coloca em consulta pública Planos de Gestão das Áreas Terrestres dos Parques Naturais de seis ilhas

Artigos relacionados

Últimas

Associação In Loco realiza webinars em torno do mundo rural

Às terças-feiras, durante os meses de Abril e Maio, a Associação In Loco realiza um conjunto de webinars, designados “Às terças: (R)Evolução do mundo rural”. Esta iniciativa surge no […]

Últimas

Associação dos Produtores de Fumeiro da Terra Fria Barrosã lança projeto para a promoção do “Fumeiro de Montalegre”

O Fumeiro de Montalegre é único e é assim que quer continuar. A Associação dos Produtores de Fumeiro e Terra Fria Barrosã (APFTFB) vai lançar um novo projeto […]

Nacional

Venda de azeite sobe de 6% a 20% entre março e outubro

A venda de azeite em Portugal subiu de 6% a 20% entre março e outubro, apesar da pandemia e do consequente impacto no canal Horeca (hotéis, restaurantes e cafés), segundo dados da Casa do […]