Projeto europeu combate contrafação de azeite

Projeto europeu combate contrafação de azeite

O projeto Oleum, financiado pelo programa europeu Horizon 2020, desenvolveu soluções analíticas para detetar e combater a contrafação mais comum de azeite e garantir a qualidade e autenticidade do produto. De acordo com o EFA News, a fraude comercial de azeite ascende a cerca de 30 mil milhões de dólares, por ano, globalmente.

Nos últimos quatro anos, a pesquisa da Oleum focou-se quatro m 4 áreas tipicamente visadas pela atividade fraudulenta. O projeto melhorou técnicas para: verificar se a qualidade do azeite é consistente com a qualidade declarada; verificação da duração declarada de armazenamento; identificar processamentos ilegais de azeite; verificar a origem geográfica identificada no rótulo.

O conhecimento adquirido durante o projeto foi partilhado com laboratórios mundiais numa série de cursos de treino e workshops. Os membros da rede Oleum tiveram a oportunidade de participar no processo de validação dos métodos analíticos desenvolvidos. Para encorajar a partilha de conhecimento, a Oleum criou uma plataforma digital de partilha de pesquisa.

O artigo foi publicado originalmente em Vida Rural.

Comente este artigo
Anterior Quinta dos Murças recebe certificação biológica
Próximo Menu escolar sem carne gera polémica em Lyon

Artigos relacionados

Últimas

Covid-19: Vendas de algas e bivalves com quebras até 90% desde março – associação

As vendas de algas e bivalves registaram, desde março, quebras de até 90% e devem continuar “residuais” nos próximos meses, tendo em conta que estes produtos se destinam, sobretudo, à exportação na Europa, indicou a Associação […]

Fitotema

Os princípios da Proteção Integrada

A Diretiva 2009/128/CE, de 21 outubro, que estabelece um quadro de ação ao nível da União Europeia para uma utilização sustentável dos produtos fitofarmacêuticos, determina que os […]

Últimas

Exportações de vinho encerram o ano a crescer

As exportações dos vinhos portugueses tiveram, no ano passado, um comportamento muito positivo, registando um assinalável acréscimo, quando comparado com 2019. […]