Programa de reabilitação e vigilância dos incendiários não está a ser cumprido

Programa de reabilitação e vigilância dos incendiários não está a ser cumprido

Durante o verão deste ano, apenas sete incendiários estiveram em prisão domiciliária, com pulseira eletrónica. A PSP e a GNR também não têm feito vigilância a este tipo de criminosos, ao contrário daquilo que foi anunciado em 2016.

A estratégia do Estado para limitar os incendiários na época de verão está a falhar. A notícia é avançada pelo Jornal de Notícias (JN) que conta, esta quinta-feira, que o programa de reabilitação dos incendiários detidos e condenados não tem sido cumprido, mesmo estando em vigor há cerca de quatro anos.

Segundo dados citados pelo JN, apenas sete incendiários condenados foram obrigados a passar a época de incêndios, durante o verão deste ano, em prisão domiciliária, com pulseira eletrónica. Nos últimos quatro anos, a […]

Continue a ler este artigo na TSF.

Comente este artigo
Anterior Cotações – Flores e Folhagens – 30 de agosto a 5 de setembro de 2021
Próximo Cotações - Azeite e Azeitona - 30 de agosto a 5 de setembro de 2021

Artigos relacionados

Últimas

“E agora plantam árvores, é?”

Ontem estive, como curioso, que eu não sou técnico de fogo controlado, numa queima de vinte hectares do baldio de Carvalhais, São Pedro do Sul, que estão integrados nos cerca de cem hectares que a Montis gere nesse baldio. […]

Comunicados

Presidente da CONFAGRI reúne hoje com a Ministra da Agricultura

O Presidente da CONFAGRI reúne, esta tarde, por vídeo conferência com a Ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, para uma avaliação da […]

Nacional

Incêndios: Jovens migrantes e refugiados vigiam a floresta em Castelo Branco

Doze voluntários com idades entre os 18 e os 24 anos, maioritariamente migrantes, integram o projeto “Nós pelas Florestas!”, promovido pela Amato […]