Proença-a-Nova mostrou-se no lisboeta Largo do Intendente

Proença-a-Nova mostrou-se no lisboeta Largo do Intendente

O Festival do Plangaio e do Maranho, a tigelada, a música e os principais pontos turísticos do concelho de Proença-a-Nova foram divulgados em Lisboa este sábado, 13 de julho, numa ação realizada no Largo do Intendente, junto à loja Produtos e Territórios, e que integrou a programação do Intendente em Festa, um festival que anima este bairro lisboeta nas primeiras semanas deste mês.

O Centro Ciência Viva da Floresta foi responsável pelo arranque da iniciativa, oferecendo o tigelado, um gelado feito com os ingredientes da receita tradicional da tigelada, utilizando-se azoto líquido para uma rápida congelação. Aliando ciência e tradição, foi possível promover a tigelada, um dos pré-finalistas do concurso 7 Maravilhas Doces de Portugal, e que, para os apreciadores do doce, foi depois disponibilizada para degustação.

Seguiu-se o momento de showcooking que destacou outros dois sabores do concelho: o chef albicastrense Luís Capelo criou diversas formas de saborear o maranho e o plangaio, mostrando as suas potencialidades. “Por aquilo que pude verificar, houve bastante recetividade a estes produtos gastronómicos que são conhecidos pelo seu sabor intenso. No entanto, a sua versatilidade foi explorada já que deram aperitivos leves e adequados a esta estação do ano”, considerou João Lobo.

Para o presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova, sendo a gastronomia um dos motivadores para o turismo, “faz todo o sentido promovermos o Festival do Plangaio e do Maranho junto de um público que poderá não conhecer estes produtos e que assim terá tempo para planear a visita a Proença-a-Nova, que é sempre o objetivo primeiro destas ações que realizamos”. O festival irá decorrer em Sobreira Formosa nos dias 28 e 29 de setembro e incluirá dois ateliers de cultura e gastronomia, inseridos no projeto Beira Baixa Cultural, dedicados precisamente ao plangaio e maranho, mostrando como se fazem as receitas base e como se podem utilizar para além dos pratos mais tradicionais.

A presença de Proença-a-Nova no Largo do Intendente terminou com a atuação dos Soul Brothers Empire, cujos elementos são quase todos do concelho, dando a conhecer “o reggae do pinhal”.

O artigo foi publicado originalmente em Gazeta Rural.

Comente este artigo
Anterior Acordo UE-Mercosul abre mercados a exportações de produtos agrícolas nacionais
Próximo Congresso “Empreendedorismo Agrícola em Zonas de Baixa Densidade”

Artigos relacionados

Últimas

Governo vai poder expropriar terras invocando crise económica e pandemia

O Governo justificou a criação deste regime especial para uma “mais rápida” execução dos projetos previstos no PEES, tendo em conta o impacto económico e financeiro da pandemia de Covid-19. […]

Últimas

Obrigado por comprar português!

A AHSA agradece a todos os consumidores que confiam e compram os frutos e vegetais produzidos no sudoeste alentejano e na costa vicentina. […]

Sugeridas

Governo altera regime do PNRegadios para garantir “clareza” e “segurança”

[Fonte: Notícias ao minuto]
O Governo procedeu hoje à alteração do regime de apoio no âmbito do Programa Nacional de Regadios (PNRegadios), […]