Proença-a-Nova já eliminou 30 ninhos de vespa asiática

Proença-a-Nova já eliminou 30 ninhos de vespa asiática

“O município de Proença-a-Nova, através de diversos alertas lançados pela população, detetou e destruiu no concelho 30 ninhos de vespa velutina nigrithorax, vulgarmente conhecida por vespa asiática, dos quais 95% eram ninhos definitivos”, explica, em comunicado, a autarquia local.

Adianta ainda que também foram destruídos cerca de 50 ninhos de vespa europeia (vespa crabro) e sublinha que os efeitos da presença destas duas espécies manifestam-se em várias vertentes, nomeadamente na apicultura.

“No caso da vespa asiática, não sendo mais agressiva do que a espécie europeia, reage de modo bastante agressivo quando sente os ninhos ameaçados, incluindo perseguições até algumas centenas de metros”, lê-se na nota.

A autarquia informa também que o Centro Ciência Viva da Floresta (CCVF) de Proença-a-Nova promove uma sessão de esclarecimento no dia 25, às 18:30, para dar a conhecer mais informação sobre esta espécie, como a identificar, quais as ameaças para a apicultura e para sociedade e quais as medidas de controlo.

Deixa ainda um alerta à população para que, em caso de deteção ou suspeita da existência de ninhos de vespa asiática, contactar de imediato o Gabinete de Proteção Civil do município ou preencher o formulário online disponível no portal www.sosvespa.pt ou contatar a linha SOS AMBIENTE (808 200 520).

O artigo foi publicado originalmente em SAPO 24.

Comente este artigo
Anterior Projeto-piloto testa agricultura urbana em Bruxelas
Próximo Por melhores políticas agrícolas !

Artigos relacionados

Últimas

Jornadas Técnicas promovem Maçã Riscadinha em Palmela


“O futuro da Maçã Riscadinha e da Fruticultura” é o tema das Jornadas Técnicas que se realizam no sábado, […]

Nacional

Setor dos solos e florestas na Europa pode contribuir para limitar aquecimento global

Indonésia e União Europeia são classificadas num estudo divulgado como as zonas do mundo em que uma melhor gestão do solo e florestas pode contribuir para manter o aquecimento global abaixo de 1,5º. […]

Dossiers

Portugal acolhe pela primeira vez o concurso internacional de gastronomia

Pela primeira vez em Portugal, o congresso internacional de jovens chefes realiza-se na região do minho. A variedade e riqueza gastronómica minhota foram fatores decisivos para a escolha da realização do evento no nosso país em 2020. […]