Produtores de leite do distrito de Coimbra  reúnem com Lacticoop e reclamam subida do preço do leite na produção

Produtores de leite do distrito de Coimbra reúnem com Lacticoop e reclamam subida do preço do leite na produção

Uma delegação de produtores de leite da  ADACO – Associação Distrital dos Agricultores de  Coimbra reuniu ontem com a Direcção da Lacticoop em Aveiro, na sede desta.

A  ADACO  reclamou da Lacticoop:

– Que os preços pagos na produção entre os 28 e os 29 cêntimos/litro  são manifestamente insuficientes para os produtores sobreviverem; o preço justo será no mínimo 0,35 cêntimos/litro.

– Compromisso dos Delegados da Lacticoop em como votarão contra novas descidas no preço do leite propostas em futuras reuniões do Conselho de Administração da Lactogal;

– Que a Lactogal/e ou as suas 3 associadas implementem um sistema de controle da produção interna, idêntica á que existia até 2015  para as Quotas Leiteiras.

– Que a Lactogal corte em despesas  para que o litro de leite na produção seja mais alto; por exemplo um corte nos rendimentos escandalosos anuais que os  elementos do  Conselho de Administração da Lactogal recebem  desta empresa.

Em causa está a degradação do setor, com o abandono diário de produtores, face aos  baixos preços pagos aos produtores ; um rendimento manifestamente insuficiente face aos aumentos consecutivos dos encargos para os produtores.

Em resposta ás questões a direcção da Lacticoop informou:

– Que aumentou a partir de Setembro  de 2018  um cêntimo por litro de leite  aos seus produtores ( um vale de desconto na compra de produtos nas cooperativas associadas da Lacticcop) ;

– Que a curto prazo é possível um aumento do preço do leite na produção superior a 1 cêntimo/litro;

– A Lactogal diz que em 2015 implementou um sistema de controle de produção dos seus associados idêntico ao das quotas leiteiras;

– Quanto á questão dos rendimentos escandalosos dos elementos do Conselho de Administração da Lactogal,  e de  que os delegados da Lacticcop não votem futuramente eventuais propostas da Lactogal para a descida do preço do leite na produção, não obteve resposta .

– Quanto ás estatísticas nacionais de produtores de leite em atividade , segundo a Lacticoop elas estão erradas porque hoje há muitas sociedades com muitos produtores, e estas Sociedades não entram nas estatísticas. A Lacticcop tem poucos produtores e muitas sociedades.

– Que os consumidores portugueses pagam o preço mais baixo por litro de leite; por exemplo em Espanha o preço ao produtor é o mesmo e o preço no consumidor é 0,12 cêntimos mais caro que em Portugal. Se em Portugal se fizesse o mesmo os preços na produção subiriam.

A ADACO e os produtores de leite da região vão estar atentos á evolução da situação, e caso os interesses dos produtores não sejam salvaguardados, partirão para a luta pelos seus direitos.

Coimbra 2 de Outubro de 2018

Comente este artigo
Anterior ADPM e APROSERPA promovem sessões de apoio à internacionalização de PME’s
Próximo Ordem do Médicos Veterinários vai receber Medalha de Honra da Agricultura

Artigos relacionados

Comunicados

Spain’s fourth-largest industrial sector meets at MEAT ATTRACTION 2018

The meat industry comprises more than three thousand companies and generates a turnover of € 24 billion and 100 thousand direct jobs
Madrid, 11 September 2018.- The meat industry is the fourth-largest industrial sector in Spain, behind only the automotive industry, the oil and fuel industry and the electricity production and distribution industry. […]

Comunicados

Estudantes da UC reinventam o consumo de leguminosas

Aumentar o leque de alternativas ao consumo de proteína animal no mercado foi o objetivo que levou quatro estudantes da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) a desenvolver o inovador “Legutê” – leguminosas em patê. […]

Comunicados

Sapec Agro apresenta novo portfólio da vinha em jornada técnica

A Sapec Agro organizou dois eventos, no norte e centro do país, nos quais, em conjunto com alguns especialistas da área, debateu alguns dos problemas da vinha que mais preocupam os profissionais deste setor, apresentando também algumas ferramentas para o controlo das doenças da cultura.
O evento do dia 19 de Abril teve lugar em Peniche, […]