Produtividade da castanha próxima de 1 tonelada por hectare. Kiwi com maior calibre

A produtividade da castanha, na actual campanha, está próxima de 1 tonelada por hectare. Quem o diz é o Instituto Nacional de Estatística (INE) no seu Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Outubro de 2019.

“Nos soutos, existe alguma heterogeneidade quanto ao número de ouriços e ao seu desenvolvimento. De facto, a progressiva infestação dos pomares de castanheiros pela vespa das galhas do castanheiro (Dryocosmus kuriphilus
Yasumatsu) tem limitado o potencial produtivo desta cultura, sendo que os resultados do plano nacional de controlo
da vespa ainda não são totalmente visíveis na recuperação dos níveis de produtividade alcançados no início do
século (frequentemente superiores a 1 tonelada por hectare)”, pode ler-se no Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Outubro de 2019.

Ainda assim, os técnicos do INE estimam um aumento de 10% no rendimento unitário, face a 2018, para 0,96 toneladas por hectare, a mais alta produtividade dos últimos treze anos.

Previsões apontam para menos kiwi mas de maior calibre

Acrescenta o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Outubro de 2019 que a maioria dos pomares de kiwi está no estado fenológico de fruto em crescimento.

“A floração decorreu tardia e com um menor número de gomos florais por árvore do que o habitual, tendo-se assistido a uma fraca polinização e vingamento dos frutos”, explicam os técnicos do INE.

No entanto, mais no litoral Norte que no Centro, as condições meteorológicas têm sido bastante favoráveis nesta fase, prevendo-se que a produtividade possa alcançar cerca de 12 toneladas por hectare, 6% acima da média do último quinquénio.

De referir que os frutos apresentam maior calibre que na campanha anterior e que a colheita da variedade mais importante (Hayward) deverá iniciar-se no final de Outubro/princípio de Novembro.

Agricultura e Mar Actual

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Comente este artigo
Anterior Primeiro curso de Guarda Florestal já começou
Próximo Spray comestível para conservação de alimentos do IPBragança vence Concurso Europeu de Inovação Social

Artigos relacionados

Últimas

Agricultores já podem exportar pêras e maçãs para a Indonésia

Os produtores nacionais de pêras e maçãs podem, a partir de agora, exportar para a Indonésia. Trata-se de um importante mercado, […]

Nacional

AlgaEnergy desenvolve projecto relativo a proteína multiusos

A empresa AlgaEnergy tem em curso o PhycoAlgae, um projecto próprio de I+D+i (investigação + desenvolvimento + inovação) que visa definir um novo processo de produção, […]

Últimas

Exportação de uva de mesa para a China

[Fonte: DGAV] A DGAV informa que foi concluído o acordo fitossanitário com as autoridades chinesas (GACC) para a exportação de uva de mesa produzida em Portugal para a China, […]