Produção de banana biológica na Madeira regista aumento de 50%, diz Governo regional

Produção de banana biológica na Madeira regista aumento de 50%, diz Governo regional

[Fonte: Açoriano Oriental]

A produção de banana em modo biológico na ilha da Madeira registou um crescimento de 50%, indicou este sábado o secretário regional da Agricultura e Pescas, Humberto Vasconcelos, sublinhando que o setor da bananicultura está “estável”.

“Neste momento, o setor regista um crescimento de 5% na produção e quero também realçar o crescimento de 50% da produção de banana em modo biológico”, disse o governante, sem, contudo, adiantar valores em termos de tonelagem.

Humberto Vasconcelos presidiu à sessão de abertura das Jornadas Técnicas sobre Produção de Banana, na vila da Ponta do Sol, zona oeste da ilha, no âmbito da Mostra Regional da Banana, que decorre este fim de semana naquele concelho.

“A Madeira tem, neste momento, uma produção que está estável do ponto de vista da qualidade e da quantidade, mas é ainda possível crescer ao nível da produção por metro quadrado”, disse, sublinhando a importância das jornadas como meio de “partilha e troca de experiências”, pois estão presentes técnicos portugueses e espanhóis.

No primeiro quadrimestre de 2019, a produção de banana da Madeira caiu 18,3% em comparação com o período homólogo, segundo dados da Direção Regional de Estatística, tendo sido comercializadas 4.177,1 toneladas, menos 933,3 toneladas.

A Secretaria da Agricultura e Pescas prevê, no entanto, uma recuperação até ao final do ano e considera que a produção deverá atingir o valor médio habitual, entre 20 e 22 mil toneladas, sendo a maior parte destinada à exportação para o continente português (cerca de 80%).

As Jornadas Técnicas na Ponta do Sol foram organizadas pela Mesa da Banana da Associação de Agricultores da Madeira, que representa cerca de 1.900 bananicultores regionais.

Participam vários oradores madeirenses e das ilhas Canárias que vão abordar questões relacionadas com a produção de banana, como desfilhamento de canhotas, fertilização, controlo de pragas, homologação de produtos fitofarmacêuticos, normas e exigências da qualidade e ajudas comunitárias no âmbito do quadro de apoio 2021/27.

O cultivo da bananeira é um dos mais significativos e rentáveis da agricultura madeirense, ocupando cerca de 700 hectares, sete dos quais com produção em modo biológico, sobretudo nos concelhos do Funchal, Câmara de Lobos e Ponta do Sol, na costa sul da ilha.

O setor é gerido desde 2008 pela empresa pública Gesba.

Comente este artigo

O artigo Produção de banana biológica na Madeira regista aumento de 50%, diz Governo regional foi publicado originalmente em Açoriano Oriental.

Anterior Autarca de Vila de Rei diz que fogo está impossível de parar
Próximo Faça Chuva Faça Sol – T.2 Ep. 6

Artigos relacionados

Nacional

Lucro da Sonae Indústria cai mais de 87% para 2,4 milhões

[Fonte: Dinheiro Vivo – empresas]
A Sonae Indústria registou 2,4 milhões de euros de lucro no primeiro semestre, valor que compara com os 18,9 milhões de euros totalizados em igual período do ano anterior, foi hoje comunicado.
“A Sonae Indústria registou, […]

Nacional

Curso de Formação em Poda da Oliveira

[Fonte: Voz do Campo]

No próximo dia 15 de março  a  Escola Superior Agrária de Castelo Branco vai ser palco de um Curso de Formação “Poda de oliveira”.
Este curso tem como objetivos a aquisição e atualização de conhecimentos sobre as principais práticas culturais a realizar no olival e é […]

Nacional

Vitacress testa uso de algas como fertilizante orgânico

[Fonte: Revista Frutas Legumes e Flores]

A Vitacress – empresa de capital cem por cento nacional, com sede em Odemira – associou-se ao projeto Algavalor, juntamente com outras 10 entidades empresariais e uma dezena de instituições ligadas ao ensino e à […]