Procura de microalgas para o setor agrícola vai aumentar 8,1% até 2031

Procura de microalgas para o setor agrícola vai aumentar 8,1% até 2031

A taxa de crescimento anual composta (CAGR) do mercado de microalgas para o setor agrícola vai aumentar em 8,1%, ultrapassando cerca de 18 mil euros (21,747.60 mil dólares), de 2021 até ao final de 2030. A conclusão é do relatório do Future Market Insights (FMI), que considera como fatores o aumento da preocupação com a fertilidade dos solos e com a produtividade das colheitas, aliado ao foco na redução da utilização de pesticidas químicos.

Uma das principais algas no mercado é a spirulina, sendo que os produtos à base desta alga vão contabilizar 43,4% de todo o mercado em 2021.

As microalgas de água doce vão representar uma quota de valor de mercado superior a 81,2% no ano de 2021 e prevê-se que cresça com um CAGR de 7,7%.

Países dominantes nos vários mercados:

  • Mercado norte-americano – Os Estados Unidos da América vão dominar 90% durante o período de análise, impulsionado por uma maior consciencialização na agricultura;
  • Mercado Ásia-Pacífico – A China vai contabilizar 49% deste mercado, devido à sua economia agrária e às políticas governamentais;
  • Europa – É esperado que a Rússia ultrapasse a Alemanha, a França e o Reino Unido até 2031, possuindo uma quota de mercado de 15,1%. Para tal vão contribuir os investimentos na investigação agrícola:

“O crescimento contínuo da procura de biofertilizantes e biopesticidas para práticas agrícolas sustentáveis e amigas do ambiente são fatores-chave responsáveis por alimentar a procura de microalgas em aplicações de fertilizantes em 2021 e não só”, disse um analista principal da consultora FMI.

O artigo foi publicado originalmente em Vida Rural.

Comente este artigo
Anterior Governo recebeu apenas 97 candidaturas às verbas do PRR para as florestas
Próximo Investigadores modificam levedura para inibir crescimento de fungos em plantas

Artigos relacionados

Dossiers

Los precios del aceite de oliva ceden ligeramente

Las cotizaciones en origen del aceite de oliva cedieron ligeramente durante esta semana, según fuentes de Oleoestepa, […]

Últimas

Angola vai gastar mais de 22 milhões de euros para comprar fertilizantes agrícolas

O Presidente angolano autorizou uma despesa de 17 mil milhões de kwanzas (22,4 milhões de euros) para adquirir fertilizantes no mercado nacional […]

Comunicados

Crédito Agrícola renova patrocínio à Feira Nacional da Agricultura

Edição deste ano realiza-se entre os dias 9 e 13 de Junho. Crédito Agrícola, que apoia o evento há mais de 30 anos, volta a marcar presença em vários momentos da feira. […]