Princípios da proteção contra o pedrado da macieira e da pereira

Princípios da proteção contra o pedrado da macieira e da pereira

A luta química contra o pedrado das pomóideas tem três objetivos principais:

  1. Evitar a instalação da doença durante o período de contaminações primárias;
  2. Posicionar os tratamentos de modo preventivo, o mais próximo possível dos períodos de risco;
  3. Limitar o aparecimento de resistências, praticando uma alternância de produtos tão alargada quanto possível, durante todo o período em que é necessário fazer tratamentos contra o pedrado.

Na luta contra o pedrado, deve ter em conta a necessidade de:

  • Realizar os tratamentos com os necessários cuidados, de acordo com práticas corretas, respeitando as doses dos produtos e os períodos em que se prevê que serão mais eficazes;
  • Dispor dos meios materiais e humanos necessários para fazer os tratamentos no momento certo;
  • Dispor de material de aplicação em boas condições,corretamente regulado;
  • Fazer uma cobertura completa de todas as árvores, não deixando partes do pomar por tratar;
  • Respeitar as doses e concentrações do produto recomendadas (ler e seguir as indicações do rótulo);
  • Seguir as indicações e recomendações transmitidas pela Estação de Avisos para o combate ao pedrado.

O artigo foi publicado originalmente na Circular n.º 4 da Estação de Avisos de Entre Douro e Minho.

Comente este artigo
Anterior Medidas preventivas - Traça do Tomateiro - Tuta absoluta
Próximo Estudante analisa características do Pão de Bolota e de Urtiga

Artigos relacionados

Cotações PT

Cotações – Suínos – Informação Semanal – 7 a 13 Setembro 2020

A semana em análise pautou-se por um ligeiro acréscimo das cotações médias nacionais do porco classe E (+2 cêntimos / kg) e do porco classe S (+3 cêntimos / kg), em relação à semana anterior. […]

Eventos

Gestão de Informação na Exploração Pecuária – 22 de Janeiro 2018 – Alcobaça

A Associação dos Agricultores da Região de Alcobaça (AARA) divulga o Workshop que a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) em colaboração da Direção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) está a promover sobre “Gestão de Informação da Atividade Pecuária” […]

Nacional

Já arrancou a Lusoflora 2019

Já arrancou a Lusoflora 2019. O evento está a acontecer no CNEMA, em Santarém, até final do dia de amanhã.
A Associação Portuguesa de Produtores de Plantas e Flores Naturais (APPPFN) pretende com esta iniciativa viabilizar a competitividade da horticultura ornamental no mercado global, […]