Primeiro-Ministro considera Agricultura  um sector essencial para o desenvolvimento do país

Primeiro-Ministro considera Agricultura um sector essencial para o desenvolvimento do país

O Primeiro-Ministro, António Costa, acompanhado do Ministro da Agricultura, Luis Capoulas Santos, visitou hoje a 56ª Feira Nacional de Agricultura / 66ª Feira do Ribatejo, evento que decorre até dia 16 de junho no Centro Nacional de Exposições, em Santarém, e que tem como central a “Vinha e o Vinho” disse hoje que a agricultura é essencial para o desenvolvimento do país e referiu que a feira “é uma excelente mostra do trabalho dos agricultores portugueses e do belíssimo momento que a agricultura portuguesa está a viver”.

Para o responsável do governo, este crescimento “deve-se muito a uma opção chave que foi feita. Todos têm consciência que valeu a pena apostar na agricultura e que faz parte integrante do nosso futuro”, referiu.

“Quando olhamos para a necessidade de ter medidas para combater as alterações climáticas, para o desordenamento do território e para a ameaça dos incêndios florestais percebemos que a agricultura é absolutamente prioritária. A nossa paisagem é desenhada pela agricultura e por isso a agricultura é um sector fulcral”, disse.

António Costa referiu que “o futuro do nosso país depende muito do futuro da agricultura e que não pode deixar de expressar um grande agradecimento pelo trabalho a que todos os agricultores se dedicam. É uma atividade muito dura, sujeita a muitas incertezas e de muito risco, mas é felizmente conta com gente dinâmica para ajudar a avançar o país.”

O responsável governativo considerou ainda que “é necessário continuar a investir no sector e a criar cada vez mais condições para que os produtores agrícolas possam trabalhar. O grande esforço é dos agricultores, mas há trabalho político que é necessário fazer. Hoje por exemplo já temos mais de 55 novos mercados abertos para a exportação e este ano vamos ter um crescimento na exportação de carne de porco graça à abertura do mercado chinês”, concluiu.

FNA 19 destaca os “Melhores Produtos Nacionais”

A Feira Nacional de Agricultura foi hoje palco da entrega de prémios “Os Melhores dos Melhores” referentes aos Concursos Nacionais. Estas iniciativas foram realizadas em prova cega e tiveram como objetivo estimular a produção de qualidade, dar a conhecer os melhores produtos e incentivar o seu consumo.

Ao longo do dia decorreu também o Concurso de Dressage Nacional e o dia registou momentos de muita animação com realce para Mesa da Tortura, Largada de Toiros e para o concerto musical do grupo “Capitão Fausto”.

O artigo foi publicado originalmente em Gazeta Rural.

Comente este artigo
Anterior Mais de 250 operacionais e seis meios aéreos combatem fogo em Ourique
Próximo Vento dificulta combate ao incêndio em Ourique

Artigos relacionados

Últimas

O ferro: novos desafios para uma produção agrícola sustentável

Apesar do ferro (Fe) ser o quarto elemento mais abundante (5.1%) na litosfera, a deficiência de Fe é um dos problemas mais antigos e difíceis de controlar em plantas cultivadas em solos de origem calcária. […]

Nacional

Dois anos depois, o regresso às casas vai normalizando a vida das famílias

Trabalhos de limpeza na zona da Ribeira de Alge, queimada pelo fogo, dois anos depois do incêndio

A vida de Rosalina Rosa, […]

Notícias PAC pós 2020

Castilla y León exige al MAPA que negocie en la UE ayudas al ovino en la nueva PAC


El consejero de Agricultura, Ganadería y Desarrollo Rural de Castilla y León, Jesús Julio Carnero, ha exigido al Ministerio de Agricultura que negocie en la UE un programa específico de apoyo al ovino para que se incluya en la nueva Política Agrícola Común (PAC), […]