Previsão trimestral Inverno 2019/20 – Dezembro, Janeiro, Fevereiro

Previsão trimestral Inverno 2019/20 – Dezembro, Janeiro, Fevereiro

– Previsão trimestral –

A previsão trimestral para Dezembro, Janeiro e Fevereiro apontam para que as condições de circulação atmosférica e oceânicas serão dominadas pela presença de um regime anormalmente quente no Ártico;  um padrão de temperaturas oceânicas caracterizado essencialmente por uma fase positiva do dipolo do oceano indico e por uma gradual tendência para a desestabilização do vórtice polar.

Dezembro será um mês dominado por tempo mais seco e anticiclónico. Esperamos noites frias e dias amenos, com anomalias negativas da precipitação.

Isto deve-se ao predomínio de áreas anticiclónicas próximo da Península e de um regime de circulação que vai apresentar mais situações de fluxo de leste e nordeste.

Em Janeiro e Fevereiro  teremos uma gradual tendência para mais instabilidade, com regime de circulação de oeste e noroeste a tentar impor-se de novo.
Esperamos valores de  precipitação dentro ou um pouco acima do normal e temperaturas dentro ou ligeiramente abaixo do normal.

Realçamos que os sinais estatísticos relativos à precipitação são  mais fortes em Dezembro e há mais dispersão dos cenários em Janeiro e Fevereiro.

Dado que os padrões a longo prazo estão particularmente complexos e difíceis de prever, iremos fazendo actualizações sempre que necessário.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em BestWeather.

Veja a previsão do tempo e a melhor altura para pulverizar na nossa página de Meteorologia powered by Syngenta.

Anterior Jornada Técnica "Silvicultura do Pinhal-bravo” - 22 de novembro - Coimbra
Próximo AlgaEnergy recebe prémio pela inovação tecnológica que fomenta

Artigos relacionados

Blogs

Cenas de um natal vegan

-André? André Silva? Deputado André Silva? Acorda!
-Ah? Quem és?-Sou o Pai Natal!-Não acredito!-Oh, André, acreditas nas terapias alternativas tipo homeopatia que é […]

Últimas

Faça Chuva Faça Sol – T.2 Ep. 20

Neste programa, a protagonista é a noz, o fruto seco que mais tem crescido em Portugal a seguir à amêndoa. […]

Últimas

Colóquio sobre investimento agrícola em Torre de Moncorvo

“Investimento agrícola na região de Torre de Moncorvo – Balanço e perspectivas de futuro” é o tema de um colóquio que vai ter lugar a 23 de Julho na Junta de Freguesia de Torre de Moncorvo. […]