Presidente da Cooperativa “A LAVOURA” defende redução dos custos fixos da energia na agricultura

Presidente da Cooperativa “A LAVOURA” defende redução dos custos fixos da energia na agricultura

A Cooperativa Agrícola “A Lavoura” de Paços de Ferreira recebeu hoje uma Comitiva do Partido Comunista Português – PCP, liderada pela eurodeputada Sandra Pereira, que ali se deslocou para ouvir  as preocupações do sector cooperativo agrícola nacional.

O Presidente da Cooperativa, Idalino Leão, defendeu junto daquela comitiva que o aumento da produção agrícola tem de ser encarado como um desígnio nacional, pois trata-se da nossa soberania alimentar.

Só foi possível pedir um período de confinamento aos portugueses porque os alimentos continuaram a chegar às suas casas, fruto do trabalho do sector agroalimentar que se manteve a trabalhar, desde o campo, à indústria até à distribuição, levando alimentos à casa dos portugueses, referiu na ocasião.

Idalino Leão defendeu, também, serem necessárias medidas políticas que fomentem a produção e o consumo nacional. Entre essas medidas mais necessárias no imediato, referiu a redução dos custos fixos de energia para os agricultores na eletricidade e no gasóleo. A título de exemplo, adiantou que não faz qualquer sentido o agricultor pagar uma taxa de audiovisual para regar as suas culturas.

Uma outra medida defendida foi a necessidade de revisão da Contratação Pública, de forma a que nos cadernos de encargos das cantinas públicas sejam introduzidos critérios de seleção dos produtos baseada, por exemplo, na distância em que são produzidos. Esta medida teria um impacto muito significativo na produção nacional, na saúde dos portugueses, mas também na redução da pegada de carbono com os transportes, contribuindo assim para a sustentabilidade dos territórios.

Por seu turno, a eurodeputada do PCP reafirmou a vontade e disponibilidade do seu Partido para ouvir os agricultores e as suas cooperativas, considerando que este é um sector estratégico para qualquer país e que o PCP não deixará de o  defender nos locais próprios.

Ao concluir a visita, quer o Presidente da Cooperativa “A LAVOURA”, quer a Eurodeputada do PCP concordaram na necessidade de apelar aos consumidores para que alterem os seus padrões de consumo e privilegiem os produtos agrícolas nacionais.

Comente este artigo
Anterior Dia Mundial da Segurança dos Alimentos comemora-se a 7 de Junho
Próximo Quercus defende maior investimento na prevenção dos incêndios

Artigos relacionados

Últimas

João Ponte: Plano para 2020 vai impulsionar desenvolvimento da agricultura na Ilha do Pico

O secretário Regional da Agricultura e Florestas dos Açores afirmou, em São Roque do Pico, que o Plano para 2020 vai ajudar a impulsionar o desenvolvimento da agricultura naquela ilha, […]

Últimas

Porcos têm que ser registados em abril – DGAV

Os operadores das explorações de suínos estão obrigados a declarar os animais em abril, considerando efetivo detido até […]

Últimas

InPP presente no Encontro Ciência 2020

O  InnovPlantProtect vai estar presente hoje no Encontro Ciência 2020, que está decorrer no Centro de Congressos de Lisboa em formato híbrido (presencial e online). […]