Preocupações da IACA com o aprovisionamento de matérias-primas

Preocupações da IACA com o aprovisionamento de matérias-primas

A estabilidade e previsibilidade no aprovisionamento de matérias-primas são condições essenciais para garantir a competitividade e sustentabilidade da Indústria da Alimentação Animal e da Fileira Pecuária.

No contexto atual de dificuldades a jusante, com baixos preços na produção, previsões relativamente pessimistas no curto prazo e consequentes quebras na procura de alimentos compostos para animais, arrastando naturalmente os aditivos e pré-misturas, a Indústria tem vindo a confrontar-se com problemas em algumas matérias-primas, quer de escassez ou de rateios.

Estas situações têm obrigado as empresas a alterações constantes nas formulações, com custos acrescidos, criando ainda maiores constrangimentos.

Assim, ao longo da semana, respondendo às preocupações dos Associados, a IACA contactou diversas fontes do mercado e Associações, designadamente a ACICO e a APPB sobre a atual conjuntura, tendo-nos sido referido que ao nível do milho não existe qualquer problema de aprovisionamento, com o mercado abastecido.

Na colza, as extratoras continuam paradas, mantendo-se o reduzido consumo de biodiesel e os elevados stocks de óleos, que não permitem que as empresas possam laborar sementes de colza. Pese embora estas limitações, fomos informados de que os fornecedores estão a diligenciar no sentido de serem cumpridos os contratos.

Perante estes factos, que não nos tranquilizam, foi enviada hoje uma nova exposição ao Secretário de Estado Adjunto e da Energia João Galamba, com conhecimento ao Secretário de Estado Nuno Russo, bem como às Associações Pecuárias, ACICO e APPB.

Comente este artigo
Anterior ONU denuncia condições "deploráveis" de trabalhadores sazonais em Espanha
Próximo Aspersores de água ajudam aldeia em Arganil a travar o fogo

Artigos relacionados

Comunicados

Os Verdes Recomendam ao Governo que Potencie a Biomassa Florestal

O Partido Ecologista Os Verdes entregou na Assembleia da República, um Projeto de Resolução em que recomenda ao governo que potencie o […]

Últimas

No Sudoeste, turismo e agricultura podiam viver em paz mas “o paraíso acabou”

Luísa Rebelo teve um terreno perto da Zambujeira que acabou transformado em estufa e há 16 anos explora um turismo familiar que está também rodeado de estufas. Fala do “paraíso” […]

Nacional

UE/Presidência: Florestas têm 665 ME para transformação da paisagem e cadastro

As florestas vão dispor de 665 milhões de euros, inclusive para a transformação da paisagem dos territórios vulneráveis e para o cadastro, segundo o Plano de Recuperação e Resiliência […]