ONU denuncia condições "deploráveis" de trabalhadores sazonais em Espanha

ONU denuncia condições "deploráveis" de trabalhadores sazonais em Espanha

A denúncia, num comunicado, foi feita por Olivier De Schutter, relator do Conselho para a Pobreza Extrema, em que destaca que vários acampamentos informais de trabalhadores sazonais foram recentemente destruídos por incêndios na província de Huelva (sudoeste de Espanha).

Segundo De Schutter, “mais de 170 trabalhadores estão sem abrigo” e, por isso, “ainda mais vulneráveis”.

“Estes incidentes relevam a necessidade urgente de assegurar condições decentes de trabalho e de vida” aos trabalhadores sazonais, acrescentou, apelando às autoridades locais, aos empregadores e às indústrias agrícolas.

Já em junho De Schutter tinha apelado às autoridades centrais e locais espanholas para assegurar melhores cuidados e atenção aos trabalhadores sazonais.

“Um mês depois, a situação agrava-se de forma alarmante, dia após dia, no contexto da pandemia de covid-19″, advertiu.

A Espanha é um dos países do mundo mais afetado pela pandemia, com mais de 28.000 mortes entre os cerca de 270.000 casos de contágio.

Nas últimas semanas, têm surgido vários focos de contágio em Espanha, também entre os trabalhadores sazonais ligados ao setor da agricultura.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 627 mil mortos e infetou mais de 15,2 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Continue a ler este artigo no Notícias ao Minuto.

Comente este artigo
Anterior Pandemia, inundações e gafanhotos ameçam de fome milhões em África
Próximo Preocupações da IACA com o aprovisionamento de matérias-primas

Artigos relacionados

Comunicados

Ministra da Agricultura promove a elaboração de estudo para levantamento das necessidades de investimento e do potencial de desenvolvimento do regadio público

Considerando a importância que o regadio tem para a agricultura em Portugal e pretendendo dar continuidade ao […]

Últimas

Costa considera “essencial” que União Europeia “não atrase aprovação” do próximo orçamento comunitário

António Costa e o seu homólogo sueco, Stefan Löfven, reuniram-se hoje na residência oficial do chefe de Governo, em Lisboa, e o novo quadro financeiro para 2021-2027 foi um dos temas em cima da mesa. […]

Últimas

A urgência da descarbonização

O dióxido de carbono é o gás com maior impacto no aquecimento global, pelo que, para manter as temperaturas em níveis aceitáveis para o futuro do planeta, é urgente […]