Preço do leite volta a cair em maio

[Fonte: Vida Rural]

O preço do leite voltou a registar uma quebra em maio. De acordo com os dados divulgados pelo Observatório do Mercado do Leite da Comissão Europeia, o preço do leite atingiu um total de 32,79 euros por 100 quilos em maio deste ano, uma quebra de 1,2% face ao mês anterior.

Em relação ao mercado português, os dados do observatório indicam que o preço do leite atingiu uma média de 28,72 euros por 100 quilos, um valor inferior à média da União Europeia.

O portal espanhol Agrodigital revela, no entanto, que os restantes produtos lácteos estão em rota de crescimento. De acordo com a publicação, a manteiga foi o lacticínio que mais viu o seu preço crescer, com um incremento de 80% no preço em maio face ao período homólogo, atingindo um total de 4,558 euros por tonelada.

O queijo, por sua vez, registou um crescimento no preço de 1,2% em maio, atingindo um total de 3,416 euros por tonelada.

O artigo Preço do leite volta a cair em maio foi publicado originalmente em Vida Rural

Comente este artigo
Anterior La bebida de soja no podrá venderse como lácteo
Próximo Tribunal de Justiça condena uso da denominação ‘manteiga’ ou ‘queijo’ em produtos vegetais

Artigos relacionados

Últimas

Seminário “Controlo Biológico e Técnicas Alternativas de Protecção das Culturas”

[Fonte: Revista Frutas Legumes e Flores]
O Auditório da Escola Superior Agrária de Santarém recebe a 11 de Abril o Seminário organizado pela Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária sobre “Controlo Biológico e Técnicas Alternativas de Protecção das Culturas”.
Temas como o uso sustentável de produtos fitofarmacêuticos, […]

Comunicados

A Hidro-Ibérica associa-se ao Projeto de cariz solidário – SEMEAR

A Hidro Ibérica, empresa que se dedica ao estudo e montagem de sistemas de rega, associou-se ao projeto “Semear” promovido pelo Banco de Informação Pais a Pais (BIPP). Esta iniciativa conjunta, tem como fim a criação de condições de regadio nos terrenos que o BIPP tem à sua disponibilidade para fins agrícolas. […]

Nacional

Seca meteorológica volta a Portugal

[Fonte: Vida Rural]

A falta de precipitação durante o mês de janeiro agravou a seca meteorológica, sobretudo no Sul do país. De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a situação é, no entanto, menos preocupante que a ocorrida no ano passado. […]