Praga de gafanhotos destruiu plantações em município angolano de Cuando Cubango

Praga de gafanhotos destruiu plantações em município angolano de Cuando Cubango

Uma praga de gafanhotos, com origem na vizinha República da Namíbia, destruiu já mais de cinco hectares de cereais no município de Dirico, província angolana de Cuando Cubango, sudeste do país, anunciou a administração local.

Segundo o administrador de Dirico, Miguel Cassela, as autoridades estão sem meios para combater a praga, entre os quais viaturas.

Em declarações à rádio pública angolana, o responsável disse que estão a utilizar pulverizadores, mas face à extensão da zona, os efeitos são insignificantes.

“Nem se consegue pulverizar um hectare, é insignificante, e ainda com a falta de viaturas para poderem movimentar-se mais”, disse.

Com a praga, estão afetadas famílias de quatro aldeias, que viram destruídos cinco hectares de plantações, o equivalente a cinco campos de futebol, de milho, massambala e massango.

A nuvem de gafanhotos segue em direção à aldeia de Licua, município de Mavinga, onde há alguns meses os insetos destruíram 20 hectares de hortícolas e cereais nas zonas junto aos rios.

Outros municípios da província de Cuando Cubango têm sido igualmente afetados por pragas de gafanhotos, nomeadamente o Rivungo, que em outubro do ano passado registou o fenómeno, proveniente da vizinha República da Zâmbia, e provocou a destruição de plantações de milhos e campos hortícolas, nas zonas ribeirinhas.

Comente este artigo
Anterior Laboratório para proteção de culturas de Elvas com obras de 2,4ME
Próximo Sorelho com nova solução de reaproveitamento e valorização

Artigos relacionados

Eventos

Apresentação: AMBIÇÃO AGRO 2020-30 – Um contributo para a recuperação da Actividade Económica Nacional – 24 de setembro

Portugal necessita de consolidar um modelo de desenvolvimento contínuo e sustentável que permita (i) manter uma via de progresso social e económico e (ii) ultrapassar a profunda crise que, […]

Últimas

O grande frenesim de intervir na paisagem – Paulo Pimenta Castro

Tem havido muito dinheiro, a avaliar pelas dezenas, centenas e mesmo milhares de milhões de euros anunciados para o território e para as florestas ao longo deste período. […]

Nacional

Escassez de mão obra na agricultura europeia pode ser devastadora

A Europa pode vir a enfrentar sérios problemas de escassez de mão de obra para as campanhas de colheita que se avizinham, […]