Postos de vigia contra incêndios entram em funcionamento com 288 vigilantes

Postos de vigia contra incêndios entram em funcionamento com 288 vigilantes

Os 72 postos de vigia para prevenir e detetar incêndios vão entrar esta terça-feira em funcionamento com 288 vigilantes, segundo o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais deste ano.

Estes 72 postos fazem parte da Rede Nacional de Postos de Vigia e vão estar em funcionamento entre esta terça-feira e 6 de novembro durante 24 horas.

Nesta esta primeira fase, denominada rede primária, os postos são assegurados por 288 vigilantes.

A rede vai ser reforçada entre 1 de julho e 15 de outubro quando entra em funcionamento a rede secundária com um total de 228 postos de vigia e 912 vigilantes das florestas.

A Rede Nacional de Postos de Vigia, da responsabilidade da GNR, assegura em todo o continente as funções de deteção fixa de ocorrências de incêndios.

O artigo foi publicado originalmente em Rádio Renascença.

Comente este artigo
Anterior O fim das vacas?
Próximo Equipa da FCTUC identifica processo chave na clonagem de plantas

Artigos relacionados

Sugeridas

Ministra da Agricultura adjudicou 515 mil euros a filho de deputado do PS

Maria do Céu Albuquerque fez seis ajustes diretos a empresa de filmes do filho de Pedro Bacelar Vasconcelos.

Quando em novembro de 2014 o novo Secretariado Nacional do PS foi eleito no congresso do partido, […]

Dossiers

Cotações – Cereais Outono-Inverno – Informação Semanal – 29 Julho a 4 Agosto 2019

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas
As áreas semeadas com cereais de Outono-Inverno, em Portugal, diminuíram na campanha 2018-2019, […]

Nacional

Abacate do Algarve registado como marca para disciplinar comercialização do fruto

O abacate do Algarve vai ser registado como marca, processo que vai permitir disciplinar a comercialização daquele fruto, na sequência de um pedido de registo efetuado por uma […]