Postos de vigia contra incêndios entram em funcionamento com 288 vigilantes

Postos de vigia contra incêndios entram em funcionamento com 288 vigilantes

Os 72 postos de vigia para prevenir e detetar incêndios vão entrar esta terça-feira em funcionamento com 288 vigilantes, segundo o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais deste ano.

Estes 72 postos fazem parte da Rede Nacional de Postos de Vigia e vão estar em funcionamento entre esta terça-feira e 6 de novembro durante 24 horas.

Nesta esta primeira fase, denominada rede primária, os postos são assegurados por 288 vigilantes.

A rede vai ser reforçada entre 1 de julho e 15 de outubro quando entra em funcionamento a rede secundária com um total de 228 postos de vigia e 912 vigilantes das florestas.

A Rede Nacional de Postos de Vigia, da responsabilidade da GNR, assegura em todo o continente as funções de deteção fixa de ocorrências de incêndios.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Rádio Renascença.

Anterior O fim das vacas?
Próximo La defensa de la agricultura y de la PAC cosecha consensos de cara a las elecciones europeas del 26M

Artigos relacionados

Últimas

Produção forrageira diminui em Agosto de 2019

A produção forrageira diminui em Agosto de 2019, segundo as previsões agrícolas do Instituto Nacional de Estatística (INE), em 31 de Agosto. […]

Últimas

PJ finaliza investigação e propõe acusação no processo dos subsídios para habitações

Em comunicado, a Polícia Judiciária indica que, através da Diretoria do Centro, “finalizou e remeteu ao Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Coimbra, […]