Portugal participa no Fórum “Dieta Mediterrânea: Pessoas, Planeta, Prosperidade” na EXPO 2020, no Dubai

Portugal participa no Fórum “Dieta Mediterrânea: Pessoas, Planeta, Prosperidade” na EXPO 2020, no Dubai

No âmbito da programação do Pavilhão de Itália na Expo 2020, Dubai realizou-se no dia 15 de outubro o Forum “Dieta Mediterrânea: Pessoas, Planeta, Prosperidade – Sementes de Conhecimento para o Futuro da Humanidade”.

O evento foi promovido pelo Future Food Institute e pelo Centro de Estudos da Dieta Mediterrânica “Angelo Vassallo” do Município de Pollica, ambos de Itália, e contou com a participação de representantes das Comunidades Representativas da Dieta Mediterrânica – Património Cultural Imaterial reconhecido pela UNESCO,  e ainda de Maurizio Martina, Diretor Adjunto da FAO; de Maria do Céu Antunes, Ministra da Agricultura de Portugal e de outros dirigentes de organizações internacionais, decisores políticos e peritos internacionais.

Segundo os organizadores “o Forum centrou-se no papel da Dieta Mediterrânica, como símbolo da transição necessária, capaz de conjugar as complexidades da vida relacionando as três dimensões do desenvolvimento sustentável: Pessoas, Planeta e Prosperidade”.

Durante o Forum foi destacado o imenso potencial da Dieta Mediterrânica (DM), porque para além de ser um padrão alimentar sustentável, representa também o equilíbrio perfeito entre ciência, saber tradicional, valores identitários, diversidade natural e cultural, património cultural, inovação, respeito pelos territórios e sociabilidade.

Este evento contou ainda com a colaboração das 7 Comunidades Representativas da Dieta Mediterrânea Património Cultural Imaterial  reconhecido pela UNESCO – Agros (Chipre), Brač e Hvar (Croácia), Koroni (Grécia), Pollica – Cilento (Itália), Chefchaouen (Marrocos), Tavira (Portugal) e Soria (Espanha).

Fotogaleria oficial

Mediterranean Diet Forum – People Planet Prosperity

O artigo foi publicado originalmente em Rede Rural Nacional.

Comente este artigo
Anterior Inquérito aos apicultores no âmbito do projeto B-Good
Próximo Sintra acolhe Feira da Maçã Reineta

Artigos relacionados

Últimas

Javalis destroem plantações de milho e prejuízo já supera o milhão de euros

Enquanto a destruição avança entre milhares de hectares de milho à passagem dos javalis os produtores deitam contas à vida, perante um ano que até prometia ser de […]

Últimas

Drosófila-da-asa-manchada

As primeiras larvas de Drosófila-da-asa-manchada foram encontradas no Japão, em junho de 1916, na cultura da cereja. Em 1931 o Dr. […]

Últimas

Fruut reduz 25% de plástico nas suas embalagens

A Fruut chega ao mercado com uma nova embalagem, agora num formato mais reduzido e mais amiga do ambiente, com menos 25% de plástico na sua produção, […]