Portugal integra projeto europeu com 7 ME para aumentar resiliência da agricultura

Portugal integra projeto europeu com 7 ME para aumentar resiliência da agricultura

Portugal integra o projeto europeu MIXED, que pretende encontrar soluções para os sistemas agro silvo pastoris, aumentando a resiliência da agricultura, com um orçamento total de sete milhões de euros, foi anunciado.

“Durante os quatro anos de duração, o projeto irá desenvolver redes em toda a Europa, cobrindo uma ampla gama de sistemas agro silvo pastoris. Para além da aprendizagem que irá resultar da ligação entre os parceiros europeus, irá criar-se uma base de conhecimento científico sobre métodos e sistemas que podem ajudar a desenvolver o setor agrícola europeu numa direção sustentável”, apontou o Instituto Superior de Agronomia (ISA) numa nota enviada à Lusa.

O projeto, que reúne 19 parceiros de 10 países da União Europeia, começou este mês e, em Portugal, é executado pelo Instituto Superior de Agronomia da Universidade de Lisboa, em colaboração com Consulai, empresa de consultoria especializada nos setores agroalimentar, agrícola e florestal.

De acordo com o mesmo documento, o projeto irá ajudar a desenvolver sistemas “economicamente eficientes, com produtos competitivos de alta qualidade e, simultaneamente, resilientes às mudanças climáticas e eficientes para atender às metas ambientais”.

Conforme destacou o ISA, a eficiência da produção “deve ser reforçada” na agricultura, a nível europeu, nomeadamente, nos sistemas agro silvo pastoris.

Para o instituto, a integração desses sistemas “pode trazer muitos benefícios” no que se refere à sustentabilidade, resiliência às alterações climáticas, eficiência no uso de nutrientes e aumento da biodiversidade.

“Não é todos os dias que ganhamos um projeto assim, e não tenho dúvidas de que o conhecimento que adquiriremos com este projeto ajudará a aumentar a sustentabilidade e resiliência da agricultura em Portugal e na Europa, principalmente, em relação às alterações climáticas”, afirmou, citada no mesmo documento, a professora do ISA e coordenadora do projeto MIXED na mesma universidade, Cláudia Cordovil.

A coordenação geral é levada a cabo pela Universidade de Aarhus, na Dinamarca.

Além de Portugal, a Dinamarca, Roménia, Suíça, Reino Unido, Holanda, Polónia, Alemanha, Áustria e França integram o MIXED.

Comente este artigo
Anterior Faça Chuva Faça Sol - T.3 Ep.27
Próximo Fogos Florestais e Biodiversidade: A Química da Atração das Pragas Florestais - 14 de outubro - Coimbra

Artigos relacionados

Últimas

BE quer alterar lei para responsabilizar quem ganha com exploração de migrantes

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, anunciou hoje que o partido vai propor alterações à lei para que seja possível responsabilizar judicialmente “toda a cadeia” que “ganha […]

Dossiers

Governo cria linha de crédito de 1 milhão de euros para agricultores de Mogadouro afetados pelo granizo

Setecentos agricultores foram afetados em todo o concelho do Mogadouro. A linha de crédito terá quatro anos de duração e um ano de carência e vai financiar culturas afetadas pelo granizo. […]

Últimas

​”Douro + Solidário” vai angariar álcool gel para hospitais

Podem contribuir para esta campanha todas as instituições públicas ou privadas, cidadãos em geral e empresas, que estejam dispostas a colaborar […]