Portugal integra parceria para a Inovação e Investigação no Mediterrâneo

Portugal integra parceria para a Inovação e Investigação no Mediterrâneo

A Comissão Europeia apresentou esta semana uma proposta para a criação de uma parceria para a Investigação e Inovação na região do Mediterrâneo – a iniciativa PRIMA. O objetivo é promover o desenvolvimento de investigação conjunta que potencie a criação de novas soluções para a sustentabilidade da gestão dos recursos hídricos e alimentares.

De acordo com a Comissão Europeia, “nos últimos anos, o setor agrícola do Mediterrâneo tem sofrido sérios momentos de escassez de água e de diminuição da produção agrícola. Atualmente, 180 milhões de pessoas na bacia do Mediterrâneo são consideradas ‘pobres’ em água, ou seja, dispõe de menos de 1000 metros cúbicos por habitante e por ano de recursos hídricos renováveis.

Carlos Moedas, Comissário Europeu para a Investigação, Ciência e Inovação, explica que “o programa de investigação e inovação da UE é aberto ao mundo para que seja possível fazer face a desafios mundiais em conjunto. Esta parceria Euro-Mediterrânica é um excelente exemplo em que a troca de conhecimentos e investimento podem fazer uma enorme diferença. Trará água de boa qualidade e alimentos para a população, o que contribui para o crescimento das economias locais e irá criar novos postos de trabalho. Através do PRIMA, a investigação e a inovação irá ter um papel crucial na raiz de uma das causas de migração.”

A parceria vai arrancar com 14 países – Portugal, Chipre, República Checa, Egito, Espanha, França, Grécia, Israel, Itália, Líbano, Luxemburgo, Malta, Marrocos e Tunísia -, mas deverá ser alargada a outros países ao longo do tempo, contando para já com um financiamento de 400 milhões de euros.

A parceria encontra-se planeada para dez anos, com início em 2018, e será agora proposta ao Parlamento Europeu e ao Conselho da União Europeia para discussão política e aprovação legislativa.

O post Portugal integra parceria para a Inovação e Investigação no Mediterrâneo aparece primeiro no Vida Rural.

Comente este artigo
Anterior MBIA – McDonald’s Business Initiative for Agriculture - 25 de Outubro, 2016
Próximo Plantas aromáticas e medicinais: espontâneas ou cultivadas?

Artigos relacionados

Últimas

Cotações – Cortiça – Informação Semanal – 27 Julho a 2 Agosto 2020

Na semana em análise foi dada por iniciada a campanha de comercialização da cortiça amadia na área de mercado de Trás-os-Montes. O produto apresentou boa qualidade, com espessura média, e […]

Últimas

Incêndios. Governo declara situação de alerta e proíbe queimadas até domingo

O Governo assinou esta terça-feira um despacho que determina a declaração de Situação de Alerta entre 27 e 31 de março, […]

Últimas

Los análisis de la Junta confirman la erradicación de ‘Xylella fastidiosa’ en Andalucía

Tras el caso aislado de 2018, la Consejería ha analizado más de 1.600 muestras en la zona de vigilancia con resultado negativo […]