Portugal defende mais apoios para o desenvolvimento rural e para as regiões ultraperiféricas

Portugal defende mais apoios para o desenvolvimento rural e para as regiões ultraperiféricas

[Fonte: Gazeta Rural]

O Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, defendeu hoje mais apoios da Política Agrícola Comum (PAC) para o Desenvolvimento Rural, para as Regiões Ultraperiféricas e para o setor do Vinho. Capoulas Santos está no Luxemburgo, a participar na reunião do Conselho dos Ministros Europeus da Agricultura, onde o principal tema na agenda de trabalhos é a reforma da PAC.

Satisfeito com o progresso das negociações, Capoulas Santos registou com agrado o acolhimento de algumas propostas portuguesas, já contempladas nos documentos da Comissão e da Presidência do Conselho. No entanto, Portugal pretende ir mais longe, tendo o Ministro reclamado “uma maior convergência dos pagamentos diretos, entre Estados-Membros”, invocando “maior equidade e justiça na distribuição dos apoios da futura PAC”.

Terminada a Presidência Romena do Conselho, as negociações, que se prolongarão ainda por alguns meses, irão agora prosseguir sob Presidência Finlandesa.

Comente este artigo

O artigo Portugal defende mais apoios para o desenvolvimento rural e para as regiões ultraperiféricas foi publicado originalmente em Gazeta Rural.

Anterior Exportação de carne de suíno para a China
Próximo Curso: Gestão Florestal Sustentável em Povoamentos de Sobreiro e Azinheira: gestão pós-incêndio de povoamentos de sobreiro e azinheira - 26 e 27 de junho - Gavião, Portalegre

Artigos relacionados

Cotações ES

El vacuno se mantiene a la espera del aumento de las exportaciones

[Fonte: Agropopular – Cotações]

Continúa la estabilidad de las canales de vacuno donde los precios se mantienen sin cambios.
La oferta se muestra abundante, con las explotaciones en una progresión de producción debido al ciclo de recría, unida a una favorable condición climatológica para el engorde, […]

Sugeridas

​Agravamento do risco de incêndio. Queimadas proibidas até 30 de maio

[Fonte: Rádio Renascença]
O governo decidiu aumentar o grau de prontidão e resposta operacional por parte da GNR e da PSP, entre outras medidas.
O Governo declarou a situação de alerta até quinta-feira, 30 de maio, devido ao “significativo agravamento do risco de incêndio florestal no território do Continente”. […]

Dossiers

Workshop GlobalG.A.P. (v_5.2): Alterações e casos práticos – 24 de julho – Alcobaça

O COTHN organiza para o próximo dia 24 de julho, na sua sede em Alcobaça, o Workshop GlobalG.A.P. (v_5.2): Alterações e casos práticos. […]