Porcos portugueses chegam à China e animam negócio

Porcos portugueses chegam à China e animam negócio

[Fonte: Dinheiro Vivo - empresas]

Oportunidade criada com exportação para “o maior importador de carne do mundo” vai fazer crescer produção, que hoje satisfaz 65% do consumo nacional.

Os suinicultores portugueses acreditam que a exportação para o mercado chinês irá contribuir para o crescimento da produção, perspetivando atingir a autossuficiência para o mercado nacional até 2030, declarou hoje o presidente da Federação das Associações de Suinicultores.

Na abertura do 9.º Congresso Nacional de Suinicultura, que decorre hoje e na quinta-feira no Cineteatro de Rio Maior (Santarém), Vítor Menino afirmou que a oportunidade de negócio criada com a exportação para “o maior importador de carne do mundo” vai obrigar a produção nacional, que atualmente satisfaz 65% do consumo nacional, a crescer, contribuindo para que se atinja a autossuficiência “no horizonte 2030”.

“Portugal precisava de uma alternativa à concentração da procura. Foi o inconformismo que nos fez ir à procura”, declarou no primeiro dia de um congresso que tem como temas centrais as potencialidades do mercado chinês para a suinicultura portuguesa e as tendências de consumo, com destaque para a apresentação dos mais recentes estudos sobre produção de carne sintética.

Vítor Menino afirmou que este é um processo ainda “embrionário”, mas que “merece a atenção dos produtores pecuários do mundo inteiro”, por gerar polémica e por se desconhecer ainda se no futuro será um desafio para o setor.

O ministro da Agricultura, que presidiu à abertura do encontro, enquadrou a investigação sobre produção de carne sintética, atualmente em curso, no contexto da procura de alternativas para alimentos convencionais, tendo em conta o aumento da população mundial e a impossibilidade de generalizar os padrões de consumo do modelo alimentar ocidental, dando o exemplo de Portugal, em que o consumo anual de carne de porco por habitante é de 43 quilogramas.

Frisando que ainda é cedo para saber se o processo — que passa pela multiplicação de células vivas em laboratório — dará um dia resultados positivos, quer do ponto de vista organoléptico quer de custos (estima-se que a produção de um único hambúrguer atinja neste momento os 250 mil euros), Capoulas Santos afirmou que se trata de “trabalho científico a ser acompanhado”.

Durante o encontro serão ainda debatidas questões como o impacte ambiental da suinicultura ou os desafios da sucessão geracional num negócio que em Portugal se mantém eminentemente familiar.

Vítor Menino disse acreditar que a tendência de subida do preço da carne de porco, proporcionada pela entrada noutros mercados, não será “drama nenhum” para os consumidores nacionais e que permitirá, além do contributo para a balança comercial do país, obter mais-valias para aplicar na melhoria do desempenho ambiental e das condições gerais das explorações, “que até aqui não havia condições financeiras para fazer”.

O presidente da federação pediu, contudo, mais “agilidade” na aprovação dos planos de gestão de efluentes e nos licenciamentos, aludindo a “interesses contrários à produção”, nomeadamente no “mundo dos adubos e dos fertilizantes sintéticos e outro tipo de investimentos” que estão “a levantar problemas”.

Para Vítor Menino, o país tem área, clima, água e saber para tornar possível a expansão da produção suinícola.

Comente este artigo

O artigo Porcos portugueses chegam à China e animam negócio foi publicado originalmente em Dinheiro Vivo - empresas.

Anterior Santiagro: Feira Agropecuária e do Cavalo - 30 de maio a 2 de junho- Santiago do Cacém
Próximo Jornadas Técnicas "Medronheiro e o Medronho: dar valor aos recursos do território" - 17 de maio - Loulé

Artigos relacionados

Nacional

Acaba esta sexta-feira prazo para municípios limparem terrenos de proprietários incumpridores

[Fonte: Expresso]

As câmaras municipais têm até esta sexta-feira para assegurar a limpeza de terrenos, substituindo-se aos proprietários e outros produtores florestais em incumprimento, de forma a evitarem a penalização em relação às transferências correntes do Fundo de Equilíbrio Financeiro (FEF). […]

Nacional

Reino Unido devolve 1400 toneladas de frango com salmonela ao Brasil

[Fonte: Público]

O Reino Unido devolveu 1.400 toneladas de frango do Brasil devido à presença da bactéria salmonela, indicou a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento brasileira, na quarta-feira, em conferência de imprensa.
De acordo com Tereza Cristina, num intervalo de 15 meses, […]

Sugeridas

Un pas de plus vers l’interdiction des phytos sur les SIE

La Commission européenne entend interdire l’usage des produits phytosanitaires sur les surfaces d’intérêt écologique, notamment sur les SIE productives utilisées pour la production de protéines. (©Terre-net Média)
Mercredi 14 juin 2017, les députés européens se sont prononcés contre une résolution présentée au nom de la commission agriculture visant à maintenir l’usage des produits phytosanitaires sur les surfaces d’intérêt écologique. […]

Nenhum comentário

Sem comentários

Pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe um comentário