Pode o COVID-19 ajudar-nos a repensar o sistema alimentar? – 31 de julho

Pode o COVID-19 ajudar-nos a repensar o sistema alimentar? – 31 de julho

É esse o desafio lançado a Maria do Céu Albuquerque, Ministra da Agricultura, e Paulo Fernandes, Presidente do Município do Fundão, que vão participar num webinar organizado pelo projeto CULTIVAR, que pretende refletir sobre a necessidade de repensarmos a forma como produzimos e consumimos alimentos.

“Cultivar no presente: COVID-19, a oportunidade pela emergência” é o tema do próximo webinar organizado pelo projeto CULTIVAR, que se realiza no próximo dia 31 de julho, pelas 17h00, via YouTube. A iniciativa conta com a participação de Maria do Céu Albuquerque, Ministra da Agricultura, e Paulo Fernandes, Presidente do Município do Fundão, e insere-se no ciclo de webinars temáticos intitulado “Cultivar Diálogos, Construir Caminhos”. A participação é gratuita.

Segundo Helena Freitas, professora universitária na área da Biodiversidade e Ecologia e coordenadora do CULTIVAR, “a alimentação está no centro dos grandes desafios ambientais, sociais e económicos do mundo. Da saúde do solo à saúde pública, os problemas são complexos e a sua resolução exige uma transformação sistémica. A crise COVID-19 tornou mais evidente que a forma como produzimos e consumimos alimentos não é comportável dentro dos limites do próprio planeta.”

“Desta forma, torna-se necessário garantir um sistema alimentar de qualidade e seguro para todos, garantindo também uma produção sustentável, otimizando a nutrição e a saúde e permitindo o restauro dos principais ecossistemas e os meios de subsistência agrícolas dos quais dependemos”, salienta.

O momento de emergência que vivemos “abre espaço a uma nova visão, a um novo sistema alimentar em que os alimentos são produzidos e consumidos de forma acessível, saudável e em harmonia com o planeta”.

O caminho passa, de acordo com Helena Freitas “em garantir dietas mais sustentáveis, com mais frutas, vegetais e proteínas vegetais; reduzir radicalmente o desperdício de alimentos em todo o sistema; reforçar a agenda de inovação para a sustentabilidade da indústria alimentar e orientar globalmente a agricultura para a produção sustentável”.

O projeto CULTIVAR tem como missão responder aos desafios que as fileiras do setor Agroalimentar da Região Centro enfrentam, nomeadamente caracterizar, conservar e valorizar os recursos genéticos endógenos regionais em zonas de baixa densidade, através de uma estratégia de desenvolvimento territorial, promovendo e consolidando a colaboração entre instituições de ciência, tecnologia e ensino superior e o cluster Agroalimentar. É cofinanciado pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Este ciclo de webinars conta com o apoio do Centre for Functional Ecology – Science for People & the Planet da Universidade de Coimbra.

→ Aceda aqui ao evento ←

Comente este artigo
Anterior Herculano cria apoio aos produtores agrícolas nacionais
Próximo Se continuar sem chover, Governo dos Açores pronto para apoiar os produtores de milho forrageiro

Artigos relacionados

Nacional

Ferrovia 2020? É possível fazer tudo sem perder fundos

A Administração da Infraestruturas de Portugal (IP) conta ter até ao final do primeiro semestre de 2020 todo o programa Ferrovia 2020 em obra e sublinha que há […]

Últimas

Ministro do Ambiente quer “avançar já” com reutilização de águas residuais tratadas

O ministro do Ambiente defendeu nesta quarta-feira que é preciso “avançar já” com a reutilização das águas residuais tratadas, medida que permitirá […]

Nacional

Prémios Turismo do Alentejo voltam a distinguir projetos e empresas do setor

A Entidade Regional de Turismo do Alentejo e do Ribatejo vai voltar a distinguir as empresas e projetos que se destacaram no setor do Turismo nestas duas regiões. […]