Plantas portadoras de Xylella fastidiosa identificadas em Portugal

Plantas portadoras de Xylella fastidiosa identificadas em Portugal

[Fonte: ffl revista]

No âmbito do “Programa Nacional de Prospecção de Xylella fastidiosa”, foram identificadas pela Direcção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) plantas portadoras desta bactéria em Vila Nova de Gaia, Portugal, sendo que «as autoridades nacionais desencadearam já todas as acções recomendadas, tendo em vista a identificação e contenção da situação», indica a DGAV num comunicado de 8 de Janeiro. A amostra tinha sido recolhida pelos serviços da Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Norte (Drapn), «em plantas do género Lavandula, uma planta ornamental vulgarmente conhecida como lavanda, sem sintomatologia da doença».

Segundo a DGAV, «o local de colheita da amostra já foi devidamente inspecionado por uma brigada mista de técnicos da Drapn e da DGAV». No local, os técnicos «procederam ao levantamento da situação e à colheita de amostras, tendo sido determinada a destruição das plantas».

A DGAV informa que vão prosseguir, «ao longo dos próximos dias, os trabalhos de levantamento de plantas sensíveis num raio de 100 metros (denominada zona infectada) e a respectiva colheita de amostras», sendo que também «terá início o processo de identificação da flora sensível ao agente bacteriano num raio de 5 km (considerada a zona tampão), que será levado a cabo em colaboração com o Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF) e com as Câmaras Municipais de Vila Nova de Gaia e de Gondomar». Vai ainda ser divulgado «um Edital referente à Zona Demarcada, constituída pela zona infetada e pela zona tampão, identificando a área em causa».

O comunicado acrescenta que «a análise positiva foi obtida pelo Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (Iniav) e confirmada pelo Laboratório Europeu de Referência (Anses), aguardando-se informação relativamente à estirpe da bactéria». Também se refere que já foi informada da situação a Direcção Geral da Saúde e Segurança Alimentar da Comissão Europeia (DG Sante) e «a DGAV está a preparar a respectiva notificação Europhyt».

Notícias relacionadas

Comente este artigo

O artigo Plantas portadoras de Xylella fastidiosa identificadas em Portugal foi publicado originalmente em ffl revista

Anterior Mértola procura implementar uma Rede Alimentar Local
Próximo Jornadas de Inovação de Raças Autóctones

Artigos relacionados

Eventos

Conversas de Agricultura na 34ª Ovibeja – 28 de Abril – Beja

A Agrogarante estará presente na 34ª edição da Ovibeja, que vai decorrer de 27 de abril a 1 de maio, no Pavilhão Institucional e Agroalimentar.
Programando a sua visita para o dia 28 de abril, terá a oportunidade de participar no Seminário “Conversas de Agricultura”, por nós organizado. […]

Últimas

Americano que previu tragédia arrasa combate aos incêndios

Autor de relatório sobre fogos em Portugal acusa os bombeiros de não saberem apagar fogos ou fazer rescaldo em condições.

O especialista americano que em 2009 previu que Portugal poderia vir a ter fogos de grandes dimensões, como os que queimaram mais de 500 mil hectares de floresta no ano passado, voltou esta sexta-feira a Lisboa para um novo diagnóstico […]

Nacional

Opinião: Um cogumelo biológico chinês

[Fonte: Publico]
O Governo de Portugal lançou recentemente uma Estratégia Nacional para a Agricultura Biológica. Como é próprio de um Estado socialista, temos uma vez mais o Governo a ditar o que devem os privados fazer e que estratégias devem seguir. Afinal, os empresários não sabem bem o que fazer com o seu dinheiro e o Estado sente a necessidade de os instruir.

  […]