“Pena de prisão para duas pessoas por tráfico de 14 quilos de haxixe” é a manchete do Açoriano Oriental

“Pena de prisão para duas pessoas por tráfico de 14 quilos de haxixe” é a manchete do Açoriano Oriental

[Fonte: Açoriano Oriental]

A condenação por tráfico de droga de dois homens a penas de sete e dois anos de prisão, por tentarem introduzir mais de 14 quilos de haxixe em São Miguel, está em destaque no Açoriano Oriental de terça-feira, 22 de janeiro de 2019.

O destaque fotográfico do jornal vai para as obras de 4,1 milhões de euros na Escola da Mãe de Deus, em Ponta Delgada, que irão demorar um ano e meio.

“2 milhões de euros (ME) para melhorar distribuição de água à agricultura” em São Miguel é outro destaque do jornal.

Comente este artigo

O artigo "Pena de prisão para duas pessoas por tráfico de 14 quilos de haxixe" é a manchete do Açoriano Oriental foi publicado originalmente em Açoriano Oriental

Anterior Cotações – Azeite e Azeitona – Informação Semanal – 13 a 19 Novembro 2017
Próximo Crédito Agrícola é o Melhor Banco para o Desenvolvimento Agrícola em Portugal

Artigos relacionados

Nacional

Seca: Estratégia para reutilizar água confronta escassez com necessidades de consumo

[Fonte: Jornal de Negócios]

No documento “Água para Reutilização – Usos não Potáveis”, apresentado a 22 de março numa conferência em Lisboa, o cenário traçado começa por sublinhar que dos 10 anos mais secos, oito foram depois de 1990.

Em fevereiro de 2019 observou-se a temperatura máxima mais elevada, […]

Dossiers

Centro de Negócios do Fundão e Museu da Vista Alegre ganham Pémios RegioStar 2018

O Centro de Negócios e Serviços Partilhados do Fundão (na categoria “Apoiar a transição industrial inteligente”) e o projeto de Reabilitação do lugar da Vista Alegre (na categoria “Escolha do Público”) venceram esta terça-feira os Prémios RegioStars 2018 da Comissão Europeia.
O Centro de Negócios e Serviços Partilhados foi financiado pelos fundos europeus, […]

Últimas

Planos Municipais contra incêndios de Pedrógão Grande e Castanheira de Pera estão desatualizados e não estão aprovados

As Câmaras de Pedrógão Grande e Castanheira de Pera não têm os Planos Municipais de defesa da floresta contra incêndios atualizados e aprovados. Esses planos são essenciais para definir a atuação dos meios no terreno em caso de incêncio.

Comente este artigo
#wpdevar_comment_6 span,#wpdevar_comment_6 iframe{width:100% !important;} […]