Pedrógão Grande: Há 25 milhões de euros para ajudar empresas e autarquias

Pedrógão Grande: Há 25 milhões de euros para ajudar empresas e autarquias

O Governo vai canalizar 25 milhões de euros do Programa Operacional Centro para ajudar empresas e autarquias a reconstruir o que foi destruído pelo fogo de Pedrógão Grande.

São 25 milhões de euros. Esta é a verba proveniente do Programa Operacional Centro, do Portugal 2020, que será canalizada para Pedrógão Grande e outras regiões afetadas pelo grande incêndio que matou 64 pessoas em meados de junho. O objetivo é ajudar empresas e autarquias a voltar às condições que tinham antes do fogo. A informação foi avançada por Nelson Sousa, secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão, à rádio TSF.

“Ao todo serão 25 milhões de euros que se destinam a apoiar projetos com uma taxa alta de incentivos, com 85% do apoio a fundo perdido, do qual 25% pode ser adiantado com a aprovação”, explicou Nelson Sousa. O objetivo deste apoio é, sobretudo, ajudar à reconstrução de instalações de empresas e de infraestruturas públicas municipais, bem como à recuperação de equipamentos que tenham sido danificados pelas chamas.

Segundo a rádio, as estimativas do Governo apontam para que os primeiros apoios, dados ao abrigo deste tipo de fundos comunitários, comecem a chegar dentro de duas a três semanas, numa altura em que já passou mais de um mês desde o fogo.

As entidades afetadas podem candidatar-se para “renovar ou reparar os equipamentos e instalações para repor as condições que tinham antes dos incêndios”, acrescentou o secretário de Estado, citado pela TSF. “Podem candidatar-se as empresas de todos os setores, com exclusão da Agricultura”, que terá um apoio específico, indicou Nelson Sousa.

Comente este artigo
Anterior Aviso para candidaturas de empresas afetadas pelos incêndios deve abrir na sexta-feira
Próximo Crédito Agrícola apoia agricultores e industriais na maior feira económica da região centro - EXPOFACIC

Artigos relacionados

Nacional

Remuneração bruta mensal sobe para 1180 euros no trimestre

Por remuneração total, em Junho, o valor mais baixo (787 euros) registou-se nas actividades da agricultura, produção animal, caça, floresta e pesca

No trimestre terminado em Junho de 2019, […]

Nacional

Mirandela recebe II Simpósio Nacional dos Frutos Secos

O II Simpósio Nacional de Frutos Secos realiza-se nos dias 10 e 11 de Outubro, no Auditório Municipal de Mirandela. Uma organização da Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal (SCAP) e do Centro Nacional de Competências dos Frutos Secos (CNCFS). […]

Nacional

Incêndios: Proteção civil prolonga estado de alerta até segunda-feira

A informação foi prestada aos jornalistas por Pedro Nunes, comandante adjunto operacional da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, que justificou a decisão de prolongar o estado de alerta amarelo devido a questões meteorológicas (vento e baixa humidade do ar) e ao facto de agosto ser o mês em que há […]