Paulo Martinho é o “Melhor jovem agricultor 2017”

Paulo Martinho é o “Melhor jovem agricultor 2017”

[Fonte: ffl revista]

Paulo Martinho, o jovem agricultor responsável pelo projecto Sementes Vivas, venceu o prémio de “Melhor jovem agricultor 2017” com este projecto. A distinção foi atribuída no âmbito do 5.º Concurso Nacional de Jovens Agricultores, promovido pela Confederação dos Agricultores de Portugal.

O concurso pretende divulgar o trabalho dos agricultores mais jovens nas zonas rurais. Agora, Paulo Martinho irá representar Portugal no concurso de “Melhor jovem agricultor da Europa”.

A Sementes Vivas é uma empresa de produção de sementes biológicas que também tem como objectivo a preservação de variedades tradicionais. Está sediada em Idanha-a-Nova desde 2015, quando foi criada, e já conta com 74 variedades de frutas e vegetais no seu portefólio.

Veja o vídeo de apresentação do projecto:

Comente este artigo

O artigo Paulo Martinho é o “Melhor jovem agricultor 2017” foi publicado originalmente em ffl revista

Anterior Floresta - Geo Suber
Próximo Swiss meat firm escapes €100 million fine in Germany

Artigos relacionados

Formações

Alterados prazos máximos para formação de Jovens Agricultores PDR2020

[Fonte: AG PDR2020]
Já está publicada a alteração à Portaria da Ação 3.1 «Jovens Agricultores» que irá permitir aos jovens agricultores realizarem a sua formação até à data de submissão do último pedido de pagamento. Esta nova regra tem efeitos retroativos, ou seja, […]

Nacional

Vinhos portugueses arrecadam 151 medalhas no Concurso Mundus Vini Verão 2017

[Fonte: Agricultura e Mar]
Os resultados do prestigiado Concurso Internacional de Vinhos Mundus Vini Verão 2017, organizado pela editora alemã especializada em vinhos e bebidas alcoólicas Meininger Verlag GmbH, já foram publicados. Com 151 medalhas, entre as quais duas medalhas de Grande Ouro, 69 de Ouro e 80 de Prata, […]

Últimas

Opinião – Por Dom Dinis, levantem-se!


Paulo Júlio

Não regressámos à monarquia, mas, hoje, sabemos que um dos imodestos ministros deste governo tem-na como referência de boas reformas. Falo do ministro da agricultura que, depois da aprovação do “novo” pacote legislativo de ordenamento florestal, não fez por menos e comparou-se ao rei Dom Dinis. […]