Pastores de “Cabras Sapadoras” vão ser remunerados

Pastores de “Cabras Sapadoras” vão ser remunerados

O programa agropastoril de Prevenção dos Fogos Florestais, através da Realização de Gestão de Combustíveis “Cabras Sapadoras” vai ser implementado no concelho de Aguiar da Beira.

Segundo a Associação Aguiar Floresta, o objetivo é remunerar os pastores cujas cabras passem a maioria do tempo no monte, para que consumam uma importante fatia da matéria combustível existente, prevenindo os fogos.

No pastoreio em regime extensivo, ou seja, ao ar livre, os animais não estão confinados durante praticamente todo o ano, em contrapartida, aproveitam e valorizam os recursos do território promovendo a chamada economia de baixo carbono (economia verde), onde o modelo de produção pecuária adotado gera emprego e riqueza nas aldeias e contribui para a manutenção e conservação dos espaços agro-florestais e a sua defesa face aos incêndios.

O artigo foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Comente este artigo
Anterior "Continuaremos a apoiar diretamente os produtores de leite"
Próximo DNA sequencing technique spots wheat pathogens, and diseases-fighting microbes to stop them

Artigos relacionados

Sugeridas

Linha de crédito de mil milhões de euros para agricultores europeus já comprometida a 95%

No início de Dezembro, já estavam comprometidos 95% dos cerca de mil milhões de euros de uma linha de crédito suportada pelo Banco Europeu de Investimento (BEI). […]

Últimas

Consórcio internacional procura soluções para aumentar o tempo de preservação de bactérias probióticas

Uma equipa de investigadores da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) está a desenvolver e a testar em laboratório, […]

Últimas

Tribunal dá luz verde a mais 15 helicópteros nos fogos por “defesa da vida”

Concurso de aluguer de 15 helicópteros para combate a incêndios foi impugnado pela empresa Babcock

Está quase completa a frota de meios aéreos previstos para o combate a incêndios florestais neste Verão. […]