Pão alentejano convida operadores turísticos a serem embaixadores – 19 a 27 de Março 2018 – Alentejo

Pão alentejano convida operadores turísticos a serem embaixadores – 19 a 27 de Março 2018 – Alentejo

A partir do dia 19 de Março, a Turismo do Alentejo convida os agentes turísticos a conhecerem melhor o projeto “Qualificação do Pão Alentejano” desenvolvido  pela Terras Dentro – Associação para o Desenvolvimento Integrado em co-promoção com a Entidade Regional de Turismo.

Entre 19 e 27 de março realizar-se-ão por todo Alentejo ações que visam sensibilizar os agentes turísticos – da restauração e do alojamento – para o seu importante papel na promoção deste produto, junto dos consumidores, uma vez que é nos seus estabelecimentos, que o visitante, tem muitas vezes o primeiro contacto com o Pão Alentejano.

O desafio está lançado, convidar os operadores turísticos do Alentejo a serem embaixadores do Pão Alentejano, ajudando a divulgar  e a valorizar a sua qualidade junto de quem visita a Região.

A participação nestas sessões é gratuita, mas sujeita a inscrição e limitada à capacidade das salas. Faça a sua inscrição em aqui

O projeto “Qualificação do Pão Alentejano” tem como  objectivo  qualificar o pão alentejano, valorizar e proteger um produto, com forte impacto económico na região e desta forma concorrer para o aumento da competitividade das micro e pequenas empresas do setor no Alentejo, alavancando toda a fileira e potenciando, a montante e a jusante, mesmo que indiretamente, todas as outras atividades económicas. Já um importante trabalho foi desenvolvido tanto junto dos produtores (panificadoras), de diagnóstico e de valorização do produto, como na área de investigação. Há todo um caminho feito que nos leva a considerar que o pão tem todas as características e qualidades para poder vir a ser certificado.

 

Comente este artigo
Anterior Oferta de Emprego - Técnico Alimentar/Turismo (M/F) -Macedo de Cavaleiros
Próximo Oferta de Emprego - Engenheiro Agrónomo (M/F) - Odemira

Artigos relacionados

Sugeridas

Agricultura açoriana pode perder mais de 10 milhões com a seca

Os prejuízos na agropecuária nos Açores, provocados pela seca, poderão ser já superiores a dez milhões de euros, avançou hoje o presidente da Associação Agrícola da Ilha Terceira (AAIT), José António Azevedo.
“Estamos a falar de um valor em termos quantitativos superior a dez milhões de euros só na cultura do milho para a Região Autónoma dos Açores”, […]

Últimas

Bruxelas dá 4,5 milhões de euros a Lisboa melhorar sistema de transportes

[Fonte: ECO]

A Comissão Europeia anunciou esta terça-feira a atribuição de cerca de 4,5 milhões de euros ao município de Lisboa para desenvolver um projeto digital que facilite a realização de comentários pelos utilizadores sobre o sistema de transportes, visando melhorá-lo. […]

Últimas

Panorama Nacional da Amendoeira

[Fonte: Voz do Campo]
A amendoeira foi uma das primeiras árvores de fruto a ser domesticada. Na base do sucesso comercial desta cultura encontra-se a ecologia desta árvore e as características nutricionais e tecnológicas da amêndoa. Esta cultura tradicionalmente ocupava as terras marginais em regiões de clima mediterrânico. […]