Ovibeja debate a utilização da esteva na alimentação de ruminantes

Ovibeja debate a utilização da esteva na alimentação de ruminantes

“Utilização de Esteva na Alimentação de Ruminantes – Melhoria da eficiência alimentar e da qualidade dos produtos e redução do impacto ambiental” é tema de seminário no dia 24 de abril.

As instituições parceiras do projeto “CistusRumen – Utilização Sustentável de Esteva (Cistus Ladanifer L.) em pequenos ruminantes – Aumento da competitividade e redução do impacto ambiental” irão promover o Seminário – “Utilização de Esteva na Alimentação de Ruminantes – Melhoria da eficiência alimentar e da qualidade dos produtos e redução do impacto ambiental”, no próximo dia 24 de abril de 2019, em Beja, no decurso da 36ª OviBeja.

O Seminário tem por objetivo a promoção e divulgação do conhecimento científico sobre a aplicação de Esteva e/ou taninos condensados de Esteva na alimentação de ruminantes, centrando-se nos benefícios da sua utilização ao nível da eficiência alimentar, qualidade dos produtos e impacto ambiental dos sistemas de produção de ruminantes.

O Projeto CistusRumen (ALT20-03-0145-FEDER-000023) é cofinanciado pelo programa Alentejo 2020 através do FEDER.

As inscrições podem ser realizadas aqui.

Artigo relacionado:

Utilização sustentável da Esteva em pequenos ruminantes

O artigo foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Comente este artigo
Anterior Incêndios. Governo declara situação de alerta e proíbe queimadas até domingo
Próximo Cotesi promove o contacto com o ambiente profissional aliado à hortifruticultura do Algarve

Artigos relacionados

Nacional

Projetos relevantes e diferenciadores na região do Alentejo

A RRN, em colaboração com as Autoridades de Gestão dos PDR do Continente, Açores e Madeira, as Direções Regionais […]

Sugeridas

Cereais do Alentejo ajudam Nestlé a atingir a neutralidade carbónica até 2050

Perante o risco que as alterações climáticas representam para o futuro da alimentação e tendo em conta que a produção e o consumo de alimentos são uma das principais fontes de emissões […]

Sugeridas

Exportações de animais vivos aumentam quase 21% em 2020 e impulsionam agroalimentar

As exportações agroalimentares nacionais subiram 2,5% em 2020, impulsionadas pelas de animais vivos e carnes, miudezas e comestíveis, que avançaram, respetivamente 20,9% […]