Organizações agrícolas europeias criticam acordo da União Europeia com Mercosul

Organizações agrícolas europeias criticam acordo da União Europeia com Mercosul

[Fonte: CAP] O Copa-Cogeca criticou o acordo comercial alcançado nos últimos dias entre a União Europeia e o Mercosul, acusando a Comissão – que se encontra de saída – de comprometer o futuro de sectores chave da agricultura europeia.

No dia 28 de Junho foi anunciada a conclusão do acordo de comércio entre a União Europeia e o Mercosul, suscitando de imediato a critica do Copa-Cogeca que acusa a Comissão Europeia de admitir uma política de dois pesos e duas medidas para os produtores europeus e sul americanos.

O Copa-Cogeca tornou público o seu descontentamento face às “substanciais concessões” admitidas pela União Europeia nas negociações agrícolas com o Mercosul anunciadas no final da semana passada.

Segundo a organização agrícolas está aberta a concorrência desleal entre produtores europeus e sul-americanos. A enorme diferença entre os padrões de produção exigidos aos Estados-membros da União Europeia e aos membros do bloco económico da América do Sul, vão promover uma política de dois pesos e duas medidas, a que chamam uma perigosa Caixa de Pandora, difícil de encerrar.

Segundo o COPA-COGECA, as importações de bens agrícolas com origem nos países que constituem o Mercosul vão comprometer, pela sua concorrência desleal, a viabilidade futura de sectores chave da agricultura europeia.

O secretário-geral do COPA, Pekka Pesonen realçou que “é difícil aceitar que, apenas algumas semanas após as eleições europeias a Comissão, que se encontra de saída, assine acordos que vão promover a prática de double standards na política comercial e aumentar o fosso entre o que é pedido aos agricultores europeus e o que é tolerado aos produtores do Mercosul” reiterando que “em causa não estão apenas riscos económicos, mas também sociais e ambientais”.

Num apelo aos Chefes de Estado presentes no Conselho Europeu a decorrer (para escolha dos representantes dos mais altos lugares das estruturas europeias), o COPA-COGECA apela para que o futuro presidente da Comissão Europeia revele uma personalidade capaz de “fechar esta Caixa de Pandora, proteger a agricultura europeia e respeitar as legítimas expectativas da sociedade civil”, concluiu Pekka Pesonen.

O bloco económico sul-americano Mercosul é composto pela Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai (Venezuela encontra-se suspensa). O Mercosul e a União Europeia representam cerca de 25% da economia mundial.

Fonte: Copa-Cogeca

Comente este artigo
Anterior PME espanhola de pastelaria procura tecnologia que reduza quantidade de açúcar e gordura
Próximo Dia aberto do grupo operacional Macfertiqual

Artigos relacionados

Sugeridas

Rede primária de combate a incêndios estará concluída em três anos

O Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas, afirmou que vão ser investidos mais 18 milhões de euros para a conclusão da rede primária de combate a incêndios. […]

Comunicados

Os vencedores do Prémio Floresta e Sustentabilidade são…

Abastena, Herdade da Sanguinheira de Codes, Associação para a Certificação Florestal do Minho-Lima e INIAV são os grandes vencedores do Prémio Floresta e Sustentabilidade
Vencedores anunciados hoje na Fundação Calouste Gulbenkian. Foram ainda atribuídas duas menções honrosas.
O Prémio Floresta e Sustentabilidade anunciou os seus vencedores: uma sociedade, […]

Comunicados

CAP Promove Debate Com Os Candidatos ao Parlamento Europeu “O Impacto Das Políticas Europeias No Mundo Rural Português”

[Fonte: CAP]

3 de abril | Bruxelas | Press Club, 16H00 às 17H30 (hora de Portugal continental) Transmissão em Direto A CAP promove no dia 3 de abril, em Bruxelas e com transmissão direta por webstream para 19 locais em todo o país (ver Inscrição, […]