ONU e Itália anunciam evento em julho para lançar metas da Cimeira sobre Sistemas Alimentares

ONU e Itália anunciam evento em julho para lançar metas da Cimeira sobre Sistemas Alimentares

As Nações Unidas e o governo de Itália anunciaram hoje a realização de um evento de preparação de metas para a Cimeira da ONU sobre Sistemas Alimentares, em Roma, de 19 a 21 de julho.

Segundo um comunicado publicado hoje pela ONU, esta pré-cimeira, que decorrerá em formato misto, virtual e presencial, será liderada pelo secretário-geral, António Guterres e pelo primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi, com o objetivo de “moldar a ambição de transformar os sistemas alimentares”, com o lançamento de novos compromissos, coligações e mobilização de financiamentos.

A Cimeira sobre Sistemas Alimentares vai decorrer em setembro, em simultâneo com a Assembleia Geral da ONU, em Nova Iorque.

O evento de preparação “reunirá jovens, pequenos agricultores, povos indígenas, investigadores, setor privado, decisores de políticas e ministros da agricultura, ambiente, saúde e finanças, entre outros, para oferecer a mais recente abordagem científica baseada em evidências de todo o mundo, lançar um conjunto de novos compromissos por meio de coligações de ação e mobilizar novos financiamentos e parcerias”, lê-se no comunicado da ONU.

A Itália vai ser pioneira ao anunciar, durante o evento, um compromisso sobre o sistema alimentar nacional.

António Guterres disse, citado na nota publicada hoje, que procura “compromissos ousados” para “construir sistemas alimentares sustentáveis que trabalhem para as pessoas, o planeta e a prosperidade”.

“Por meio de ações aceleradas, podemos ajudar o mundo a recuperar melhor da covid-19, a combater o aumento da fome e a enfrentar a crise climática”, acrescentou o secretário-geral da ONU, mencionando algumas das prioridades principais que anunciou no início deste ano.

O primeiro-ministro italiano prometeu que “juntamente com a ONU e as suas agências com base em Roma, a Itália envolver-se-á com os seus parceiros para promover uma agricultura melhor, cadeias de valor sustentáveis e estilos de vida saudáveis”.

O evento pré-cimeira deverá acontecer em formato híbrido ao longo de três dias, com algumas reuniões presenciais na Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) em Roma e com o resto de eventos numa plataforma virtual.

“Espera-se que os líderes mundiais intensifiquem e lancem novas ações, soluções, parcerias e estratégias ousadas para recuperar melhor da pandemia de covid-19 e gerar progresso em todos os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), cada um dos quais depende em certo grau de sistemas alimentares nutrientes, sustentáveis e equitativos”, anunciou a ONU.

A pré-cimeira decorrerá em Roma, sendo a Itália presidente temporária do grupo G20 e coanfitriã da Conferência das Partes sobre Alterações Climáticas da ONU (COP26), marcada para novembro no Reino Unido.

Comente este artigo
Anterior Agricultores reclamam mudanças nos seguros agrícolas
Próximo Produtor de vinhos do Douro e Trás-os-Montes expande negócio para o Alentejo

Artigos relacionados

Notícias cadeia alimentar

Tetra Pak apresenta uma solução integrada otimizada que reduz o uso de água e as emissões de carbono no setor do leite

A nova unidade de tratamento térmico UHT 2.0 da Tetra Pak, em combinação com a máquina de enchimento Tetra Pak® E3/Speed Hyper, representa importantes benefícios […]

Nacional

Produtores da Região dos Vinhos Verdes apostam no enoturismo

Com o mercado internacional a sobrepor-se em vendas ao mercado nacional num ano atípico, os produtores da Região dos Vinhos Verdes apostam e dinamizam o enoturismo para promover as […]

Dossiers

Oferta de emprego – Engenheiro Florestal ou Agrónomo – Porto

A Forestfin pretende contratar para projeto de 3 anos um Engº. Florestal, Agrónomo ou Arq. Paisagista, com início imediato […]